Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

"A desvalorização do professorado: um olhar pela dimensão de gênero e raça", por Haddad, Graciano e Masagão

Cerca de 70% das mulheres brasileiras assassinadas são vítimas no âmbito de suas relações domésticas, de acordo com pesquisa do Movimento Nacional de Direitos Humanos
As desigualdades de gênero no Brasil se expressam de inúmeras formas. Conforme o "Contra-informe da sociedade civil ao VI Relatório Nacional Brasileiro à Convenção sobre a Eliminação de todas as formas de discriminação contra a mulher - CEDAW", referente ao período 2001 - 2005, e apresentado às Nações Unidas em julho de 2007, uma em cada quatro mulheres no Brasil já foi vítima de violência doméstica. A cada 15 segundos uma mulher é espancada, via de regra, por seu marido, companheiro, namorado e/ou ex parceiro; a cada 15 segundos também uma brasileira é forçada a ter relações sexuais contra sua vontade. 70% das agressões ocorrem dentro de casa e o agressor é o próprio marido ou companheiro; mais de 40% das violências resultam em lesões corporais graves decorrentes de socos, tapas, chutes, queimaduras, espancamen…

REUNIAO DO MRP

Tabela salarial da rede estadual
Companheiros, há mais de dois meses o Governo do estado recebeu uma proposta detabela salarial e até o presente momento eles e a direção do SINPROESEMMA nada nos informam. No próximo dia 3 retornaremos às salas de aula e necessitamos discutir urgentemente o que fazer para garantir nossos direitos, que vão desde a tabela salarial até a construção do nosso PCCS. Já esperamos de mais, chega de passividade, precisamos arregaçar as mangas e buscarmos alternativas para conseguirmos o que queremos.Nesse sentido, o MRP convida a todos para uma reunião que acontecerá dia 1º de agosto, às 9h no CE BCA (antigo MENG) ao lado do Costa Rodrigues.
Colabore com a nossa luta, divulgue e participe dessa nossa importante
atividade.

Saudações a todos e até lá!

Esclarecimentos sobre o reajuste do PISO

No dia 10 de março, o Ministério da Educação publicou a Portaria 221 definindo o valor anual mínimo nacional por aluno do Fundeb, a viger no presente ano, com efeito retroativo a 1º de janeiro de 2009, em R$ 1.350,09. Esse valor, comparado ao anterior, de R$ 1.132,34 (fixado pela Portaria Interministerial 1.027, de 19 de agosto de 2008), corresponde a um acréscimo de 19,2% no valor per capita do Fundeb.De acordo com o art. 5º da lei 11.738/08, que instituiu o piso salarial profissional nacional para o magistério, a correção anual do PSPN deve se dar pelo mesmo percentual de reajuste do Fundeb.
A CNTE, desde a tramitação do PL 619/07 – o qual não previa mecanismo de reajuste para o piso – apenso ao PL 7.431/06, lutou pela inclusão de um mecanismo de reajuste que compensasse o valor de R$ 950,00, aquém do que a Confederação propunha (R$ 1.050,00) para jornada semanal de trabalho de 30h. De modo que a vinculação do reajuste do Piso ao Fundeb sempre nos pareceu mais que coerente, uma vez q…