Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

O piso e os ajustes de final de ano

Todo ano é a mesma ansiedade. Faltando três meses para 2013 terminar e estados e municípios tendo que enviar suas propostas orçamentárias para os legislativos, vem a pergunta: qual será o percentual de correção do valor do piso salarial nacional do magistério?

Ano passado, quando o peru natalino já estava no forno, o MEC revisou os números de receita do Fundeb e puxou pra baixo o percentual de correção do piso. Seu valor ficou em R$ 1.566,64, depois de aplicada uma correção de 7,97%, um pouco acima da inflação anual, que fechou em 5,84%.
A Portaria 04/2013 revisou os números projetados de receita dos fundos estaduais e aponta para uma correção de 19% no valor do piso para janeiro do ano que vem. Caso isso se confirme o piso chegaria a  R$ 1.864,30.
Acontece que novamente os governadores estão se mobilizando (e os prefeitos também) e pressionando o MEC para mudar as regras do jogo. E quais são as propostas colocadas sobre a mesa neste momento?
1º. Os gestores estaduais e municipais e a CNT…

EdeH exonera o secretário municipal de educação de São Luis

Foi exonerado hoje, dia 28, o secretário municipal de Educação, Allan Kardec Duailibe, do PCdoB.
Os motivos que levaram à exoneração do (agora) ex-secretário, foram as inúmeras denúncias do vereador Fábio Câmara, líder da oposição na Câmara Municipal de São Luís. Contratos emergenciais, com dispensa de Licitação, chefiados por Kardec, indicado pelo chefão comunista Flávio Dino, beneficiou pelo menos sete empresas. Todos eles foram denunciados por Fábio Câmara, que junto ao Ministério Público, acompanhou o andamento das investigações sobre as denúncias dos contratos emergenciais, com dispensa de licitação, firmados pela Secretaria Municipal de Educação. A saída de Allan Kardec Duailibe mostra, mais uma vez, que o governo Edivaldo Holanda Júnior não tem controle e nem responsabilidade com a coisa pública.

Fonte: Blog do luis Pablo.

Raio X da paralisação na rede estadual - São Luis

Participamos hoje do ato convocado pela diretoria do SINPROESEMMA na Deodoro e o que assistimos lá é no mínimo lamentável, senão vejamos:


É do conhecimento de todos os professores da ilha que a maioria das escolas aderiu à paralisação, porém, compareceu à atividade na praça Deodoro menos de 1% do professorado da ilha, que é superior a 7 mil, sequer ocupamos toda a escadaria da biblioteca Benedito Leite. Esta é uma evidência clara de que a esmagadora maioria do professorado da capital já não suporta mais as manobras e mentiras dos dirigentes do SINPROESEMMA que tanto têm nos prejudicado.
Nas diversas falas dos dirigentes do sindicato observamos as mais descabidas justificativas para que o governo continue descumprindo o acordo firmado com o SINPROESEMMA no final da greve (maio/2013). Dentre as falas nos chamou bastante atenção a parte que dizia: O mais importante do acordo é a concessão das milhares de PROGRESSÕES prometidas para janeiro de 2014. O presidente do sindicato e seus asseclas …

Um olhar sobre a greve dos professores cariocas para além do que afirma o governo, a globo e seus parceiros comerciais.

MOVIMENTO TODOS PELA EDUCAÇÃO, ORGANIZAÇÕES GLOBO, CABRAL, PAES E COSTIN:  ‘AMANSAR’ OS PROFESSORES COM CASSETETES PARA AVANÇAR CONTRA A ESCOLA PÚBLICA Roberto Leher* Em homenagem a Emilio Luiz Pedroso Araújo, um defensor da escola pública popular O que leva o arco de forças que reúne Sergio Cabral, Eduardo Paes, seus secretários de educação, respectivamente, Wilson Risolia e Claudia Costin, a acionar o uso ilegal do aparato policial para reprimir bestialmente trabalhadores da educação em generosa luta em prol de uma carreira que valorize a dedicação ao fazer educacional, a qualificação e a progressão funcional ao longo da vida, possibilitando que a opção pelo trabalho na escola pública seja  um estimulante projeto de vida? A mesma indagação pode ser feita sobre os motivos que levam porta-vozes da coalizão empresarial Todos pela Educação (TPE), como Priscilla Cruz, que vêm a público criticar a politização e a ideologização da greve, posição ecoada de modo viperino pelas organizações Glo…

Alô educador da rede estadual de ensino! SEDUC lança nova portaria.

DOE 11/10/2013

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº 1.308, DE 08 DE OUTUBRO DE 2013

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de
suas atribuições legais, e tendo como meta suprir o déficit de professores
na sala de aula das escolas da rede estadual de educação, proporcionando
assim melhores condições para a aprendizagem dos alunos,
R E S O L V E:
Art. 1º. Determinar que, a partir da publicação desta Portaria,
caso a Unidade Escolar tenha déficit de professor e haja profissionais
fora da sala de aula exercendo funções diversas, deverão ser lotados em
sala de aula.

O acordo está quebrado, o professor prejudicado e a diretoria do SINPROESEMMA acha que a pressão conta-gotas sobre Roseana surtirá algum efeito.

Alô professor! Recentemente visitando o site do SINPROESEMMA encontramos duas notinhas que convocam os educadores da rede estadual a paralisarem suas atividades durante 24 h. Reproduzimos parcialmente as duas notas e abaixo de cada recorte postamos o link que leva às postagens originais.
ODia Estadual de Paralisação(22 de outubro, próxima terça-feira) mostrará, mais uma vez, ao governo do Estado que os trabalhadores emeducação publica estão mobilizados para evitar uma nova quebra do Acordo por parte da gestão estadual. Além da concentração, Praça Deodoro, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, a partir das 08 h 30 min, estão previstas atividades de panfletagem, ato público e caminhada.
Pinheiro explica que oDia Estadual de Paralisação integra as “jornadas de luta pelo cumprimento do Acordo original, que previa para agosto o pagamento da recomposição salarial retroativa, da concessão das titulações, promoções e gratificações, e das progressões para 2014, além dos 30% de gratific…

Brasil é o penúltimo país em pesquisa sobre valorização de professor

Brasil é o penúltimo país em pesquisa sobre valorização de professorFonte: Uol/ educação

CONFIRA O RANKINGPosiçãoPaís1China2Grécia3Turquia4Coreia do Sul5Nova Zelândia6Egito7