Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Ato contra Sarney

Será realizado, nesta sexta-feira (26) em São Luís, uma passeata de protesto exigindo a renúncia do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), informa o blog do John Cutrim.
Organizada por diversos movimentos sociais e de juventude, a manifestação visa, nas ruas, forçar o afastamento de Sarney depois dos vários escândalos que envolveram seu nome com a nomeação de parentes através de atos secretos.
“PELA ÉTICA NO SENADO, SAI SARNEY” é o mote do Movimento Todos contra Sarney, que reunirá organizações juvenis de base da igreja católica, de partidos políticos, movimentos culturais, redes de jovens, etc. Segundo a direção organizadora, toda sociedade em geral da ilha rebelde é convidada a participar da campanha.
Tal como em 1992, quando as passeatas de ruas do movimento estudantil detonaram um movimento pelo FORA COLLOR (fruto da indignação popular em relação ao grande esquema de corrupção e da alta inflação), os organizadores da passeata acreditam que podem cumprir o mesmo papel com relaçã…

Um poço de nepotismo

Isabella Murad Cabral Alves dos Santos, 25 anos, vive desde o início do ano em Barcelona e estava lotada na liderança do PTB desde 2007

De Rodrigo Rangel e Rosa Costa:
A árvore genealógica dos parentes e agregados do clã Sarney com emprego no Senado não para de ganhar novos ramos. No pente-fino feito nos atos de nomeação, sejam eles secretos ou não, apareceram dois novos nomes. Depois do neto e de duas sobrinhas de José Sarney (PMDB-AP), presidente da Casa, pendurados em gabinetes de senadores amigos, surgiram uma prima e uma sobrinha de Jorge Murad, marido da ex-senadora e atual governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).
O mais novo nome da lista é o de Virgínia Murad de Araújo. Em 29 de maio de 2007, ela foi nomeada assistente parlamentar do gabinete da liderança do governo no Congresso, à época ocupada por Roseana. Seu salário, na ocasião, era de R$ 1.247. Onze meses após ter sido nomeada, ela passou a ganhar exatamente o dobro - R$ 2.494.
Virgínia é filha do ex-deputado Emílio Bi…

Mais recursos para a educação

Relatório do Unicef: deputada diz que é preciso valorizar professor
12/06/2009
Otávio Praxedes
Presidente da Comissão de Educação afirma que a solução dos problemas depende de investimento em recursos humanos, o que será possível com a ampliação de recursos do setor.
A presidente da Comissão de Educação e Cultura, deputada Maria do Rosário (PT-RS), afirmou que a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que aumenta os recursos do Orçamento para a área de educação será o primeiro passo para a solução dos problemas apontados pelo relatório do Unicef divulgado hoje. A PEC foi aprovada em primeiro turno em 3 de junho e aguarda votação em segundo turno.
"A proposta com certeza será aprovada em segundo turno, e nós vamos recolocar na educação os 18% do orçamento de impostos da União para a educação brasileira. No entanto, esses recursos precisam ser investidos na formação dos professores e em salários melhores para essa categoria", afirmou.O relatório do Unicef aponta avanço…

Falhas na educação - Rede Estadual

César Pires trabalha para corrigir falhas na educação

O secretário de Educação, César Pires, lamentou ontem, em entrevista ao programa Ponto Final, na ràdio Mirante AM, que 92% dos estudantes maranhenses da rede estadual de ensino não tenham alcançado a média mínima de 45 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2008 e, por isso, ficam impossibilitados de ter acesso às bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni), instituído pelo Governo Federal. “O Estado condenou gerações a ficar fora da universidade, porque a gestão anterior da Seduc (Secretaria de Estado da Educação) deu as costas para as escolas, enquanto vendia a ilusão de que oferecia um ensino público de qualidade”, enfatizou o secretário.
Ele listou uma série de fatores que contribuíram para que a maioria dos alunos da rede estadual tenha obtido notas baixas no Enem, e destacou que enquanto não houver o comprometimento de professores, supervisores e gestores escolares não será possível mudar essa realidade. “Os…

PANFLETO DISTRIBUIDO NA ASSEMBLÉIA DO SINDEDUCAÇÃO

CARTA ABERTA AOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL.

Companheiro(a),

É do conhecimento de todos que nossa data-base ocorre no mês de maio, conforme estabelece o estatuto do servidor público municipal (Lei nº 4615/06). Entende-se por data base – período em que nossa categoria negocia uma pauta de reivindicações com a Prefeitura, dentre elas destaca-se o reajuste salarial.
Neste processo de negociação coletiva, à nossa categoria deve ser garantida ampla participação. Um sindicato combativo, autônomo e classista, só se lança nesse processo após um prévio estudo das condições financeiras do município, identificando assim a margem real para o reajuste. Este deve ainda promover a devida socialização e discussão dessas informações com sua base. Quando isso não acontece, facilmente os trabalhadores são ludibriados, na medida em que quem negocia pelo governo, são técnicos experientes, que trazem sempre na ponta da língua o discurso da falta de recursos ou os impedimentos da lei de Resp…

Resultado da Assembléia do SINDEDUCACAO

Professores da rede municipal rechaçam por unanimidade na assembléia realizada ontem no SINDEDUCACAO proposta de 8% de aumento feita pela prefeitura via SEMED. Os docentes numa demonstração de consciência ratificaram o percentual de 19,2%, conforme estabelece o artigo 5º da lei do PISO, em destaque abaixo:

Art. 5o O piso salarial profissional nacional do magistério público da educação básica será atualizado, anualmente, no mês de janeiro, a partir do ano de 2009.
Parágrafo único. A atualização de que trata o caput deste artigo será calculada utilizando-se o mesmo percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente, nos termos da Lei no 11.494, de 20 de junho de 2007.
Lamentavelmente, é no mínimo reprovável o comportamento de alguns diretores nessa assembléia.O diretor Luis Alfredo e o Vice- Presidente César Augusto, extremamente incomodados com as interferências da base, e numa demonstração de desequ…

Repasses do FUNDEB

FNDE antecipa parcelas de maio e junho do Fundeb
O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu as parcelas de maio e junho da complementação da União do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Receberam a complementação os estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí e seus municípios, que não arrecadam o suficiente para garantir o valor mínimo por aluno/ano estabelecido na legislação do Fundo. No dia 29, foi depositada a parcela de maio e, no último dia 2, antecipada a parcela de junho. Ao todo, foram transferidos R$ 1,46 bilhão.A decisão de antecipar a parcela de junho é uma orientação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Ministério da Fazenda. Em 22 de abril passado, a assessoria do ministro Guido Mantega divulgou nota comunicando a alteração do cronograma de repasse dos valores do Fundeb entre os meses de abril e julho, como forma de reduzi…