Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

DIRETORIA DO SINPROESEMMA NEGOCIA COM O GOVERNO ROSEANA E MAIS UMA VEZ ABANDONA A CATEGORIA

Durante os 78 dias em que os corajosos e valorosos educadores do Maranhão permaneceram em greve, evidenciou-se a força de um movimento que não sucumbiu frente às pressões, ameaças e violência de todas as formas praticadas pelo governo. Para cada ação autoritária e reacionária disparada pelos algozes do Estado, os educadores reagiam com cantos, palavras, movimentos e lágrimas de quem aprendeu a sonhar e a lutar pelas causas da justiça. A energia dessas mulheres e homens que ousaram enfrentar o império da calúnia e da farsa veio da consciência de classe forjada no meio da luta. E foi assim que, nesses dias, as sombras foram sendo substituídas pelos vales da esperança, ao ver o gigante acuado por gritos de indignação de quem perdeu o medo de sonhar para fora. No entanto, parte desse sonho quebrou-se ao tocar a triste realidade presente nas ações espúrias da direção do Sinproesemma (PCdoB/PT), que, mais uma vez, fez a opção pela defesa dos seus negócios políticos e particulares em detrime…

REPOSIÇÃO DAS AULAS

Segundo informações os DIRETORES DAS ESCOLAS, tem apresentado documento de reposição das aulas, com o calendário incluindo todos os sábados e o mês de julho integral, que segundo estes é fruto de acordo com a direção do sindicato. Bem ,se o acordo está sendo feito com a direção do sindicato, que estes ministrem aulas nas férias,talvez só assim saibam a nossa realidade, porque nós é que não devemos ceder a  mais este capricho despropositado da Secretaria de Educação.
Injustificada a exigência de término do ano letivo em 23/12, até mesmo porque o ENEM vai ocorrer em outubro (ainda estaríamos dando aula, mesmo sem a greve) e maio (quando já teremos encerrado o ano letivo sem nos escravizar e sobrecarregar o aluno). Portanto, professores não se deixem intimidar, vamos tomar a decisão coletivamente em reunião, que se realizar-se-á na data de 04/06 (sábado) às 09:00h no CEGEL, e não mais no sábado próximo, em razão do concurso do TJ-MA, onde vários professores ou serão fiscais ou candidatos…

A CHAMA DA INDIGNAÇÃO

Os professores do  CE-Almirante Tamandaré ao tentarem retornar aos seus postos de trabalho após a greve foram "informados" pela diretora da escola que teriam que ir à URE, estes se negaram e tiveram apoio dos alunos e demais professores, que chegaram a elaborar documento exigindo o retorno imediato dos colegas. Mediante esta atitude, foram enviados a escola funcionárias da URE com a apresentação dos colegas, ou seja, "a montanha foi a Maomé', esta foi mais uma prova de que unidos somos muito fortes, por isso todos os governos querem nos ver atolados de trabalho, para que não possamos nos unir e debater os problemas da educação pública, mas no Maranhão isto não acontecerá mais, trabalharemos para manter a chama da indignação acesa e darmos a resposta a este Governo autoritário e à direção pelega de nosso sindicato. Portanto, convidamos todos para a plenária a realizar-se-á dia 22/05 (domingo) às 09:00h no Sindicato dos Bancários (Rua do Sol- Centro) para juntos traçar…

"NINGUÉM PODE NOS CALAR"

"NINGUÉM PODE NOS CALAR"
A frase que intitula este texto é de uma mais belas músicas do nosso querido compositor maranhense César Texeira. Foi com este sentimento de que jamais se calarão e se curvarão à rainha da corrupção que os professores guerreiros e lutadores levantaram o acampamento em frente ao Palácio dos Leões do governo Roseana.

Nas várias greves do meu tempo de metalúrgico, em que tivemos grandes conquistas materiais contra a poderosa ALUMAR, nunca vivi um final de greve tão emocionante como a que presenciei ontem, conduzida pelos professores em luta, mesmo havendo derrota material. Por outro lado, a derrota material proporcionou uma maior unidade desses e dessas guerreiras. Além do mais, a forma como ela foi encerrada demonstra bem o verdadeiro medo que os patrões têm de uma greve: a possibilidade que ela permite de um salto na consciência de classe da classe trabalhadora.

O governo Roseana não tem o que comemorar. Ela agora tem um exército maior de lutadores c…

MRP DENUNCIA PROPOSTA DE ESTELIONATO ESTUDANTIL AO MINISTÉRIO PÚBLICO

A greve foi acabada pela direção pelega do  NOSSO Sindicato,  mas a luta por uma educação pública  de qualidade e democrática continua, e para reafirmar os nossos compromissos com os estudantes, que foram a rua em apoio aos professores, estivemos hoje na Promotoria da Educação, onde protocolamos o documento abaixo e reiteramos não aceitar o fim do ano letivo em 23/12, não aceitar a contabilização das "aulas" ministradas sem a totalidade dos alunos e muito menos comprometer nossas férias. Ainda nos colocamos à disposição para sermos um braço da promotoria na escola .

Em resposta o promotor afirmou que ainda hoje estará encaminhando à Secretaria de Educação uma Recomendação (que embora tenha essa denominação obriga o cumprimento) de que o ano letivo cumpra o que determina a LDB, que espera a lista dos professores que podem auxiliá-lo na fiscalização e que na função de fiscal da lei, provocará o Estado para que cumpra o Piso Salarial Nacional.
Também foi abordado a questão da con…

Denúncia

Companheir@s, acabamos de tomar conhecimento de uma arbitrariedade cometida por um gestor escolar. Professores lotados no CEM Almirante de Tamandaré foram se reapresentar nessa escola, pautados no acordo fechado entre sindicato e governo. Quando lá chegaram a diretora JANE afirmou que os mesmos não poderiam adentrar nas salas de aula, pois estes teriam que primeiro se dirigir até a URE pra resolver a questão das suas devoluções.

Os professores em questão se recusaram a fazer o que a diretora propôs, alegando ser desnecessária essa ação, na medida em que o governo se comprometeu em documento a manter os docentes nas suas escolas de origem. Até o presente momento o impasse permanece, os professores não podem dar suas aulas e centenas de alunos estão sendo prejudicados por uma decisão pueril dessa diretora que parece não compreender seu papel enquanto gestora pública. Será que ela esqueceu que também precisa cumprir as ordens da secretária? Acorde diretora, quem assina em baixo esse docu…

O tempo é o senhor da razão!

A diretoria  do SINPROESEMMA (PCdoB/PT),  ao que tudo indica NEGOCIOU A LUTA DOS PROFESSORES com o governo do estado, mais uma vez.

Como explicar, por exemplo, a mudança de tratamento dispensado à diretoria do sindicato pelos locutores da mirante AM? No início da greve eles eram VAGABUNDOS e agora, esses mesmo locutores mudaram de alvo e atacam os verdadeiros guerreiros dessa luta que resistem bravamente. Por que será que os cães de guarda (vira latas) miranteanos se prestam a atacar os companheiros do MRP?

Quem garantiu aos radialistas miranteano que a greve se encerraria na 3ª feira? Mãe Diná perde é feio pra esse vidente Sarneista.

O que dizer das "lideranças do movimento" que vieram a São Luis participar da assembleia geral da nossa categoria dia 15 último defender a suspensão do MOVIMENTO GREVISTA? Principalmente aqueles que compuseram caravanas de regionais que já tinham ABANDONADO A GREVE.

A diretoria do SINPROESEMMA (PCdoB/PT) após ser derrotada na assembleia geral f…

A RESISTÊNCIA PERMANECE APESAR DE NOSSOS INIMIGOS

Os professores continuam acampados na porta do Palácio dos Leões e apesar da direção do Sinproesemma, mais uma vez está passando por cima da decisão da categoria, que na Assembleia Geral, dia 15, votou pela continuidade da greve, e encontra-se, supostamente, realizando   Assembleias Regionais para por fim ao movimento paredista, é necessário mostrarmos a estes vendidos e a governadora que  não estamos e jamais seremos derrotados e que nossa capacidade de organização e compromisso com os estudantes superam o poderio econômico e político destes.

Desta forma convocamos todos para um ato no Palácio dos Leões às 16:00h do dia 17/05 (terça-feira). Compareça, pois todos somos o pilar deste movimento.

Estado Policial-fascista é o que oferece Rosengana aos heróicos professores do Maranhão

Rosengana instala de vez o Estado Policial fascista na questão social-educacional do Maranhão!
Denunciar essa agressão ao direito de greve dos professores é uma tarefa urgente, para que o mundo inteiro conheça as prática fascistas do governo do Maranhão sob a égide da famiglia Sarney e et caterva. Seguindo suas próprias referências familiares vinculadas ao seu avô, Sarney Costa, vitorinista de carteirinha nos anos 50 e do pai camaleão, Rosengana recria o contexto dos anos 30 de que “a questão social é caso de Polícia”. Em fina sintonia com o governo de Dona Dilma do PT, Rosengana joga todo o peso desse aparato militar para intimidar e esmagar de vez uma histórica greve de professores da rede estadual de educação básica que resistem à esse Estado fascista. Desde ontem à tarde, um grande aparato da Tropa de Choque, Cavalaria, cães adestrados e etc. estão de prontidão para aprofundar a repressão sobre os professores como fizeram ontem à tarde quando derrubaram a barraca montada pelos educado…

A GREVE CONTINUA

Em uma emocionante e vibrante Assembleia, a categoria  deliberou pela manutenção da greve, mas a direção do sindicato observando que perderia criou um tumulto e encerrou a Assembleia sem contagem dos votos, permanecendo então a deliberação da última  assembleia, ou seja a greve continua, mas  estes fatos serão relatados com maior profundindade no próximo post, pois neste momento quero dedicar-me ao que aconteceu em seguida.  Os professores foram em caminhada para o acampamento e ao chegarem encontraram as barracas em local diferente e todo o aparato da polícia em frente ao Palácio, são 13 viaturas, cavalaria e tropa de choque.  Diante deste cenário, não nos restou outra alternativa: juntamos nossas barracas e demais apetrechos e reinstalamos o acampamento. Lamentavelmente, não permitiram que ocupássemos o local anterior o que nos obrigou a reestruturá-lo na via pública.  Isso não agradou ao governo e, ao que tudo indica, mais cedo ou mais tarde, poderá determinar a retirada à força do n…

GOVERNO ENVIA SEGUNDA PSEUDOPROPOSTA E SINDICATO CONVOCA ASSEMBLEIA

Em decorrência da resistência e garra dos professores que continuam em greve e das reuniões ocorridas com o Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB e com o Promotor de Educação, o qual declarou que na segunda ou terça-feira( dia 16) estará realizando reunião com a Secretaria de Educação e o Comando de Greve.Não havendo acordo, impetrará ação contra o governo do estado visando garantir a retomada das aulas; além disso vale destacar as manifestações estudantis em todo o Maranhão que estão reforçando o movimento grevista, o governo acuado remeteu à direção do sindicato mais uma pseudo-proposta, veja:


 Contudo, a "proposta" é no mínimo hilária, pois é a mesma versão já rejeitada pela categoria na Assembleia anterior, as únicas modificações consistem na retirada da ação contra o sindicato e o retorno dos educadores remanejados. Quanto a questão da reposição dos valores descontados por faltas, o governo ou quer que façamos mágica ou imagina que somos profissionais que ace…

UM DIA DE FORTE MOBILIZAÇÕES NO MARANHÃO

Os professores de Imperatriz e Estreito mostraram mais uma vez que contiunuam firmes na defesa de nossos direitos, e em São Luís não foi diferente, pela manhã os educadores estiveram no lançamento do Programa de Qualificação Profissional com objetivo de tentar contato com a Governadora, mas esta adentrou pela porta dos fundos e acionou a polícia para reprimir o movimento, chegando a ocorrer agressão física a professores, alunos e pais.  Mesmo na área externa os educadores conseguiram incomodar, o que fez o Vice-Governador receber mais uma vez o Comando de Greve.






e
Na parte da tarde, uma comissão formada pela direção do sindicato e do MRP foi recebida pelo Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-MA- Luís Pedrosa, onde protocolou documento pleitando a intervenção  da OAB para intermediar as negociações, bem como a utilização dos meios disponíveis para resguardar a dignidade do educador. O Dr. Luís Pedrosa se comprometeu a debater na reunião da diretoria da OAB-MA e pedi…

Reunião no acampamento com o advogado do sindicato

Companheir@s, ontem o advogado do sinproesemma compareceu ao acampamento atendendo a uma solicitação da nossa categoria. O mesmo esclareceu várias questões aos professores presentes.

O mesmo afirmou que desconhece exoneração de servidor público por ter participado de greve.
Quanto às questões relacionadas à devolução e substituição dos professores grevistas por parte de algumas direções escolares, o mesmo informou que o sindicato está preparado para mover as ações necessárias para garantir o direito do professor.

Quem tiver em mãos algum documento que comprove a sua devolução deve se dirigir até o sinproesemma para que a assessoria jurídica entre com o mandado de segurança e, assim possa reguardar o direito do professor. Já os casos de devolução sem que o gestor escolar apresente documento, ainda assim o professor prejudicado deve procurar a assessoria jurídica para que esta entre com uma ação cautelar e desta forma possa garantir a defesa do educador.

Vamos lá professor/a, não deixem…

MANIFESTAÇÃO PROFESSORES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Professores grevistas vaiam deputados da bancada governista na AL e sessão é encerrada

Os professores do Estado, em greve há mais de dois meses, estiveram na manhã desta terça-feira (10) na Assembleia Legislativa. Os educadores ocuparam a galeria da Casa e fizeram um protesto contra a insensibilidade do governo em negociar a pauta de reivindicação da categoria.

Diante das vaias e palavras de ordem proferidas contra os deputados da bancada governista, os parlamentares, acuados e sem esboçar nenhuma reação quanto a posição do governo, deixaram envergonhados o plenário da Assembleia tendo a sessão, dessa forma, que ser encerrada.

Antes, o deputado Marcelo Tavares (PSB) fez um pronunciamento cobrando da governadora Roseana Sarney (PMDB) uma solução definitiva para a greve. Criticou a insensibilidade e o descaso da gestão da peemedebista com a Educação do Estado.


Fonte:Blog John Cutrin

Paralisação Nacional acontece amanhã com os professores das redes estaduais e municipais

A partir de hoje até o dia 13 de maio a CNTE promoverá a Semana de Mobilização pela Educação. O objetivo é pedir aos parlamentares a aprovação ainda este ano do Plano Nacional de Educação (PNE) e cobrar dos gestores públicos o cumprimento do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) - Lei 11.738/08. O ponto alto da semana será a paralisação nacional na quarta-feira, 11 de maio. Neste dia, representantes das 41 entidades filiadas à CNTE se concentrarão em Brasília. A programação inclui ato em frente ao Congresso Nacional, reunião com o Ministro da Educação, Fernando Haddad, visitas aos gabinetes dos parlamentares e audiência pública na Câmara dos Deputados com o tema qualidade da educação. Os sindicatos de educação de todos os estados organizarão suas atividades locais.


O PISO é Constitucional
A Semana acontece em um momento crucial para a educação pública brasileira. Recentemente, os educadores conquistaram uma vitória com o fim do julgamento da Ação Direta de Inconsti…

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO DE SÃO LUÍS

Após decisão da categoria, que de forma contudente, não acatou a "proposta"  do Governo do Estado que não propunha nada, é hora de, a exemplo dos estudantes, realizarmos atividades que repercutam e façam a Governadora ouvir os educadores e cumprir o que determina a lei do fundeb, com no mínimo, o repasse emergencial  de 15,85%, e a garantia da restituição das faltas descontadas, bem como a garantia da manutenção dos professores em suas escolas de origem. Neste sentido, o Comando de Greve se reuniu hoje, segunda-feira (09/05) e definiu as seguintes atividades:
DIA 10/05- CONCENTRAÇÃO EM FRENTE À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ÀS 08:00H;
DIA 11/05-CONCENTRAÇÃO ÀS 15:00H EM FRENTE A IGREJA SÃO FRANCISCO PARA UMA GRANDE CAMINHADA.


PROFESSORES, ESTUDANTES, PAIS E COMUNIDADE EM GERAL ESTÃO CONVIDADOS PARA PARTICIPAR DOS ATOS E BUSCARMOS A NEGOCIAÇÃO E  O RETORNO DAS AULAS O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.
ALUNOS FAZEM MANIFESTAÇÃO A FAVOR DA GREVE DOS PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE ENSINO
Hoje (09/05/11) o dia ficará marcado para a história da cidade de Imperatriz e de todo o Maranhão, pois se viu renascer o espírito de luta e de mudança nos estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino, percebeu-se o renascimento das novas lideranças,as ações conjuntas daqueles que sofrem com o descaso da Educação em nosso estado mostraram a toda a comunidade a força daqueles que serão o futuro da nossa nação,mostrando que o jovem pensa, sente e cria opções para sua vida, que o tempo do comodismo chega ao fim.




A passeata iniciou na frente do C.E. Graça Aranha,onde um senhor aparentando mais de 70 anos e cabeça branca se fazia presente, fechando as portas da escola e trancando os alunos que já haviam adentrado na escola (como se fosse o "vigia" ou vigilante ausente que comentamos não existir na escola) e tentando impedir que os mesmos fossem lutar pelos seus direitos, mas sabe quem era este s…

Homenagem as mães educadoras

Para Sempre



Por que Deus permite


que as mães vão-se embora?


Mãe não tem limite,


é tempo sem hora,


luz que não apaga


quando sopra o vento


e chuva desaba,


veludo escondido


na pele enrugada,


água pura, ar puro,


puro pensamento.






Morrer acontece


com o que é breve e passa


sem deixar vestígio.


Mãe, na sua graça,


é eternidade.


Por que Deus se lembra


- mistério profundo -


de tirá-la um dia?


Fosse eu Rei do Mundo,


baixava uma lei:


Mãe não morre nunca,


mãe ficará sempre


junto de seu filho


e ele, velho embora,


será pequenino


feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade

A GREVE CONTINUA!

Em seu 67º dia de luta, os professores da rede pública estadual do Maranhão decidiram na assembleia geral da categoria, no convento das Mercês, rejeitar por unanimidade a proposta do Governo e permanecer em greve por tempo indeterminado.


Entenda por que:





Depois todos saíram em passeata até a SEDUC, onde está o acampamento que permanecerá até que sejam atendidas as reivindicações da categoria.
Atenção Professores, o acampamento precisa da sua presença! Compareça! Participe, contribua!


MEC DEFINE PERCENTUAL DE REAJUSTE DO PISO EM 2011

O piso salarial do magistério deve ser reajustado em 15,85%. A correção reflete a variação ocorrida no valor mínimo nacional por aluno no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) de 2010, em relação ao valor de 2009. E eleva a remuneração mínima do professor de nível médio e jornada de, no máximo 40 horas semanais para R$ 1.187,00. A Confederação dos Trabalhadores da Educação - CNTE dive…

STF PUBLICA ACÓRDÃO DA LEI DO PISO

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 4.167 (235) ORIGEM :ADI - 152737 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PROCED. :DISTRITO FEDERAL RELATOR :MIN. JOAQUIM BARBOSA REQTE.(S) :GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL REQTE.(S) :GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PARANÁ REQTE.(S) :GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA REQTE.(S) :GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL REQTE.(S) :GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ INTDO.(A/S) :PRESIDENTE DA REPÚBLICA ADV.(A/S) :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO INTDO.(A/S) :CONGRESSO NACIONAL AM. CURIAE. :CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES EM ESTABELECIMENTOS DE ENSINO - CONTEE ADV.(A/S) :SALOMÃO BARROS XIMENES AM. CURIAE. :SINDICATO DOS SERVIDORES DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC ADV.(A/S) :CLÁUDIA MARIA LIMA SCHEIDWEILER AM. CURIAE. :CONFEDERAÇÃ…

A VERDADE SOBRE A NOTA DA SEDUC

O governo divulgou nos meios de comunicação a seguinte nota:

Inicialmente gostaria de esclarecer que nenhum professor entrou em greve para reivindicar qualquer das propostas que constam nesta nota, e mesmo durante a negociação a proposta do governo não foi esta, vejamos: 1. O cumprimento da lei do piso condicionado a acórdão é engodo, porque a lei está em vigência desde 2008, tanto que só sete estados, e é claro nestes está incluído o Maranhão, não cumprem a referida lei, mesmo assim a decisão em sede de ADI é de efeito imediato; 2. Quanto a esperar  o Ministério da Educação  dar cumprimento ao art. 4º da lei também é conversa para boi  dormir, pois é o estado que tem que provar não  ter orçamento, mediante apresentação de planilha e plano de carreira para o magistério; 3. Quanto ao Estatuto, o governo escancara que irá implantar uma mudança na política salarial do professor, mas não especifica qual, e é aí que mora o perigo. Olha a GAM!!! 4. A desistência da ação é direito do titular dest…