Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Professores em greve distribuem carta aberta a população de São Luís

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DE SÃO LUÍS
A educação das nossas crianças não merece tamanho descaso
O Brasil é a 7ª economia mundial e o povo brasileiro está entre os três que mais paga impostos no mundo. Sabem o que isso deveria significar? Nada mais nada menos do que figurar, pelo menos, entre as 7 nações com as melhores condições sociais do mundo. Entretanto, no ranking mundial, ocorre exatamente o oposto, isto é, o Brasil aparece entre as nações com um dos mais baixos IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo. A educação reflete exatamente esse contraste. O Brasil tem muito dinheiro, mas não quer armar o seu povo com aquilo que de fato poderia estar garantindo-lhe vida digna: a educação.                           O descompromisso do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC/PCdoB) para com a educação municipal retrata de forma veemente isso. As defasagens estruturais, pedagógicas e de carência de agentes educacionais (professores, pessoal técnico, funcionários) que possam garantir qu…

Aula pública sobre financiamento da educação.

Dezenas de professores compareceram na manhã de hoje, em frente a Câmara, para participar da aula pública sobre o financiamento da educação pública  municipal da capital.
A referida aula foi ministrada pelos professores Antonísio Furtado, Dolores Silva e Helem.

Nota de utilidade pública: A professora Patrícia perdeu a chave do seu veículo hoje de manhã nas imediações da câmara de vereadores. Quem encontrar, entre em contato com a proprietária no 8821-0250.



A professora Dolores Silva fez um belíssimo resgate histórico sobre a política de financiamento da educação publica no  país. A professora Helem fez uma abordagem jurídica da política de financiamento da educação pública e o professor Antonísio Furtado apresentou um estudo técnico sobre o fundeb  MUNICIPAL DA CAPITAL. Em seguida a palavra foi franqueada com os demais professores que compareceram a essa atividade de luta.
A aula foi muito proveitosa e bem avaliada pelos professores presentes.

Atenção! Nossa próxima atividade de luta será…

A luta continua! Confira a agenda da greve

ATENÇÃO PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE SÄO LUIS!
CONFIRA A AGENDA DE ATIVIDADES DA SEMANA


Dia 23 de Junho - Segunda feira
Aula Pública e vigília em frente à CÂMARA MUNICIPAL
Horário: 8 h
Tema: Financiamento da Educação e Plano Nacional da Educação.
Prof. ANTONISIO; Profº DOLORES; Profº HELEN

Dia 26 de Junho - Quinta-feira
Panfletagem nos terminais de ônibus da nossa capital:
Coordenadores:
BR-135 Roberto /Rose
Cohama- Joseilton
São Cristovão- Castelinho
Cohab - Cláudia /Marcos
BeiraMar- Micharlany/Gilvan/Núbia

 Comando de greve reunido.

Participação na Rádio Capital AM 1180 durante a semana

TERÇA FEIRA - LEONEL E HERTZ QUARTA  FEIRA - CASTELINHO E ROSE BOAES
QUINTA  FEIRA - ANA PAULA E HELEN
SEXTA  FEIRA - ANTONÍSIO E GILVAN Juntos somos MUITOS, juntos somos MAIS, Juntos somos FORTES!

A GREVE CONTINUA, EDIVALDO A CULPA É TUA!

A luta continua e continua porque os professores compreendem que não há outra alternativa para a categoria, a não ser continuar com a luta, pois a INDIFERENÇA do prefeito Edivaldo Holanda Jr (PTC/PCdoB), dos vereadores e do secretário de educação diante dos graves problemas pelas quais passam a maioria das nossas escolas e da nossa pauta de reivindicações, não nos deixa escolha.
Nossa greve foi iniciada dia 22/5 e de lá para cá a prefeitura não responde nossos pleitos e o único ponto que ela tem tratado diz respeito ao percentual de reajuste. Nesse caso específico não temos avanço e sim retrocesso, na medida em que, inicialmente foi ventilada a possibilidade de reajuste no percentual parcelado de 8,32% e nas ultimas semanas, o governo fez uma contraproposta ILEGAL E IMORAL de reajuste salarial no percentual de 3%. Tanto a primeira proposta como a segunda são inaceitáveis e ilegais, POIS CONTRARIAM A LEI DO PISO. A postura irresponsável do governo se sustenta no discurso falacioso de di…