Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Professores REJEITAM presidente do SINPROESEMMA

Em uma clara tentativa de testar sua aceitação junto aos educadores, o "novo presidente" do sinproesemma lança nota no site do sindicato, fala das perspectivas de sua gestão e mente quando diz que derrotou a chapa de oposição na eleição. Fala que teve cerca de 7 mil votos, mas omite que mais de 25 mil educadores optaram por não votar, numa clara demonstração de reprovação à chapa da situação. A rejeição desse grupo foi de 80%.

Diante desta nota a reação dos educadores foi imediata e quase 100% dos professores que comentaram o referido post no facebook do sinproesemma, REJEITARAM o presidente e seu grupo. 
Acessem o post do sindicato clicando no link:http://sinproesemma.org.br/2017/04/presidente-sinproesemma-fala-de-perspectivas-da-nova-gestao/

Observem alguns comentários nas imagens abaixo:





Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…