Pular para o conteúdo principal

É pra rir ou pra chorar? Gabriel Pensador

O Brasil proclamou sua independência, mas o filho do rei é que assumiu a gerência.


O povo sem estudo não dá muito palpite, e a nossa república é só pra elite.

(E quem faz greve o patrão ainda demite).

É pra rir ou pra chorar?

O Brasil aboliu a escravidão, mas o negro da senzala foi direto pra favela.

Virou um homem livre e foi pra prisão.

Só que a tal da liberdade não entrou lá na cela.

(E a discriminação ainda é verde e amarela).

É pra rir ou pra chorar?

O Brasil foi parar na mão dos militares, que calaram o povo no tempo da ditadura.

Torturaram e prenderam e mataram milhares, mas ninguém foi condenado pelos crimes de tortura.

(E tem até torturador lançando candidatura).

É pra ri ou pra chorar?

O Brasil conseguiu as eleições diretas, mas a gente que vota ainda é semi-analfabeta.

O Collor foi eleito e roubou até cansar.

O povo deu um jeito de cassar o marajá.

Mas ele não foi preso e falou que vai voltar!

É pra rir ou pra chorar?

O Brasil tem mais terra do que a china tem chinês, mas a terra tá na mão dos grandes latifundiários.

A reforma agrária, ninguém ainda fez.

Ainda bem que os sem-terra não são otários.

(E tudo que eles querem é direito a ter trabalho).

É pra rir ou pra chorar?

O Brasil tem miséria mas tem muito dinheiro, na mão de meia dúzia, no banco suíço.

O rico sobe na vida feito estrangeiro, e o pobre só sobe no elevador de serviço.

(E você aí fingindo que não tem nada com isso?)

É pra rir ou pra chorar?

O Brasil tem um povo gigante por natureza que ainda não percebe o tamanho dessa grandeza.

Sempre solidário no azar ou na sorte, um povo generoso, criativo e risonho.

Poderoso, e tem um coração batendo forte que põe fé no futuro do mesmo jeito que eu ponho.

E vai ter que ser independência ou morte. Um por todos, e todos por um sonho.

É pra rir ou pra chorar?

É pra ir ou pra voltar?

Pra seguir ou pra parar?

Pra cair ou levantar?

É pra rir ou pra chorar?

Pra sair ou pra ficar?

Pra ouvi ou pra falar?

Pra dormir ou pra sonhar?

É pra ver ou pra mostrar?

Aplaudir ou protestar?

Construir ou derrubar?

Repetir ou transformar?

É pra rir ou pra chorar?

Pra se unir ou separar?

Agredir ou agradar?

Pra torcer ou pra jogar?

Pra fazer ou pra comprar?

Pra vender ou pra alugar?

Pra jogar pra perder ou pra ganhar?

Dividir ou endividar?

Dividir ou individualizar?

É pra rir ou pra chorar?!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…