Pular para o conteúdo principal

Na tentativa de se perpetuar no poder o atual grupo que dirige o SINDEDUCAÇÃO manobra pra evitar que o professor vote no dia da eleição.

Dia 20 de agosto, NÓS DA CHAPA 1 fomos ao SINDEDUCAÇÃO e solicitamos junto à comissão eleitoral a DESCENTRALIZAÇÃO DA ELEIÇÃO DO SINDICATO COM A AMPLIAÇÃO DOS LOCAIS DE VOTAÇÃO E DO NÚMERO DE URNAS. Companheiros vejam só a resposta da comissão eleitoral:


COMISSÃO ELEITORAL DO SINDICATO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DO ENSINO PÚBLICO MUNICIPAL DE SÃO LUÍS – SINDEDUCAÇÃO/SL.

ELEIÇÕES 2012


São Luís (MA), 27 de agosto de 2012.
 

ILUSTRÍSSIMO

Antonísio Lopes Furtado

Ref. à Solicitação de urnas volantes e urnas fixas para Eleições 2012. 

 Tendo em vista a solicitação (dia 20 de agosto) da chapa UNIDADE PARA MUDAR, a Comissão Eleitoral compreende a sugestão plausível, mas para esse pleito 2012 NÃO SERÁ POSSÍVEL ATENDER A SUGESTÃO, uma vez que as decisões deliberadas para o procedimento eleitoral já foi concluído por esta comissão, dessa maneira não temos tempo hábil a execução da proposta.

 À vista de todo exposto, a Comissão Eleitoral resolve INDEFERIR a solicitação feita pela chapa UNIDADE PARA MUDAR.

Aproveitamos ainda para ratificar que a Comissão está conduzindo o Processo Eleitoral de maneira regular e transparente, no intuito de garantir um pleito democrático e com a máxima participação da categoria, de acordo com o art. 3º do Regimento Eleitoral.

          Sem mais, Srº Antonísio Lopes Furtado.

Estamos à disposição.

  Mônica Serrão de Carvalho
PRESIDENTE DA COMISSÃO ELEITORAL

Comentários

Educador consciente não vota em chapa do patrão.Votar pra eleger a chapa de Lindalva é permitir que Castelo continue dando as ordens dentro do SINDEDUCAÇÃO. Diga não ao continuímo e chega do PELEGUISMO lindalviano. Opção nesta eleição é a chapa da oposição, vote chapa 1 (UNIDADE PARA MUDAR).
katia Ribeiro disse…
Essa é boa,pleito democrático e transparente? Como se tudo está sendo feito com objetivo de evitar que os professores votem, pois colocar 04 urnas para 3500 professores votar, e de forma concentrada na sede, é não querer a participação destes. Profesores estamos tentando mudar esta situação, mas de qualquer forma, não se deixe vencer. Participe, pois só assim você poderá mudar esta direção que se mantém há anos no sindicato e aspirar lutas conduzidas com respeito e seriedade.
Vote CHAPA O1-UNIDADE PARA MUDAR

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…