sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Maltratar o servidor é a saída encontrada por Edivaldo Holanda que contou com o aval dos sindicatos.


pagamento do mês de dezembro de 2012

A assessoria do prefeito Edivaldo Holanda Jr (PTC) esteve reunida, na noite de ontem, com representantes de entidades do funcionalismo municipal de São Luís, quando foi apresentada a proposta de pagamento parcelado referente ao mês de dezembro de 2012, que deixou de ser quitado pela gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB).

Inicialmente, a proposta da administração municipal era de que o vencimento de dezembro passado deveria ser pago 40% no dia 11 de janeiro, 30% (11 fevereiro) e 30 (11 março).

A contraproposta apresentada pelos servidores municipais era para que fosse pago 50% no dia 11 de janeiro e os 50% restantes no dia 30 de janeiro, fechando a folha de pagamento do ano anterior.

Apesar disso, o governo municipal ainda apresentou uma nova proposta com 50% a ser pago no dia 11 de janeiro, mais 25% em 11 fevereiro e os 25% restantes no dia 11 de março. Uma das prerrogativas para aprovação da sugestão do governo feita pelo servidores é que os vencimentos de janeiro, fevereiro e março não tivesse qualquer atraso por conta da quitação do débito.

Fonte: Blog do Mario Carvalho

2 comentários:

Eduardo Garcia disse...

Cara a prefeitura foi entregue com um roubo no caixa! O pagamento para professores só saiu por conta do FUNDEB. Aí entra o sensacionalismo já p queimar o cara que assumiu há 4 dias! Nos 4 anos de mandato de Caostelo, a prefeitura acumulou um rombo de quase 700 milhões de reais. E nada do MP no couro desse véi safado.

M.R.P - Maranhão disse...

Certamente vc nao é servidor da prefeitura pra ta defendendo o pai da ideia do parcelamento.