Pular para o conteúdo principal

Diretoria do Sinproesemma descumpre o Estatuto da entidade e passa por cima da Categoria.

Apesar da categoria, por ampla maioria, ter deliberado na última assembleia geral do Sinproesemma dia 17/10 no Liceu Maranhense, pela rejeição do reajuste de 8% para este ano e o consequente descumprimento da Lei do Piso, a direção do sindicato passando POR CIMA da soberania da assembleia, em um ato de descumprimento do Art. 19 do Estatuto do sindicato, intencionalmente criou uma grande farsa na tentativa de impor a idéia de que a categoria aceitou a vergonhosa proposta do Sindicato-Governo.

A categoria demonstrando grande indignação, decidiu por acatar a deliberação da assembleia e buscar nas ruas e na justiça as garantias de seus direitos.

Para isso, foi solicitado, junto à direção do sindicato, os documentos que comprovam os editais de convocação das assembleias regionais com suas respectivas atas, bem como as listas dos associados votantes em cada uma delas e a definição dos municípios que compõe cada Regional.

Mediante o descumprimento desta legítima solicitação os associados do Sinproesemma deram entrada na justiça do trabalho para o efetivo cumprimento da lei, da mesma forma que na próxima segunda feira já daremos entrada em uma outra ação também na justiça do trabalho para o cumprimento imediato do Art. 19 do estatuto do sindicato que garante a soberania da deliberação da assembleia regional de São Luís, para que possamos ter todas as garantias para o exercício pleno de nosso direito e manifestação.


Artigos do Estatuto do Sinproesemma que comprovam o desrespeito da direção do sindicato à categoria.

SEÇÃO II – DAS ASSEMBLÉIAS GERAIS – do Estatuto do Sinproesemma

Art. 17 - A Assembléia Geral, soberana em todas as suas resoluções desde que não contrarie o presente Estatuto e as deliberações dos Congressos, é instância deliberativa, de caráter ordinário ou extraordinário, composta de sócios do SINPROESEMMA, facultada a participação de convidados pela Diretoria Geral com direito a voz quando deferida a sua intervenção pela mesa coordenadora dos trabalhos;

Art. 19 - As Assembléias Gerais podem ser de caráter ordinário ou extraordinário, a nível estadual, regional ou municipal, aplicando-se, no que couberem, as regras da sua convocação, instalação, desenvolvimento e deliberação, à respectiva base territorial.





“A maioria dos males que afligem os homens decorre da má organização social; e os homens, por sua vontade e seu saber, podem fazê-los desaparecer.”

Comentários

tubafisica disse…
Acontece que sofremos a maldição de fazermos parte de uma categoria numerosa, na qual um pequeno aumento no salário de cada um gera um aumento grande na folha de pagamento. Mas isto não seria um problema se vivêssemos num país onde educação fosse prioridade e a sociedade em geral desse valor.

Quanto à tabela do post anterior, quase não dá pra entender os valores, por causa da baixa resolução da imagem.
tubafisica disse…
Acho que vocês deveriam configurar este blog para aceitar comentários de pessoas que NÃO tenham conta do Google ou OpenID. Se possível abrir até para comentários anômimos. Senão fica muito restrito.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…