Pular para o conteúdo principal

Mensagem aos Professores

14/10/2009

Prezado (a) professor (a),
Parabéns, pelo seu dia, pela importância social e humana que você representa para o Maranhão e para o Brasil.
Como educador, sei que o maior presente que se pode dar aos professores em seu dia é valorizá-los com gestos e palavras, mas, sobretudo, com ações.
Tenho convicção de que não basta aos mestres o afago que enobrece a alma, urge a ação que respeita e dignifica a classe. Por isso, quando assumimos o compromisso com a governadora Roseana Sarney de construir as bases para o desenvolvimento de uma educação de qualidade, voltamos nossos olhos e nossas ações para a escola, local em que a relação ensinar-aprender depende das condições em que se encontra o ambiente escolar e, principalmente, da forma como são tratados alunos e professores.
O Programa Escola Viva: Tempo de Compromisso com a Qualidade no Ensino, lançado em agosto de 2009, consolida-se no trabalho que estamos realizando.
Nesse sentido, o investimento em capacitação e valorização dos profissionais da educação tem sido priorizado pelo Governo do Estado. Promoção automática de professores, uma garantia de direitos e reconhecimento à titulação; realização de concurso público para docentes; seletivo meritório; incentivo à qualificação docente, por meio das parcerias com as universidades, são algumas das ações que revelam, na prática, nosso respeito aos mestres maranhenses.
Tenho confiança nos professores, reconheço a importância do trabalho docente para o desenvolvimento do Estado porque sei que não são os projetos, não são os recursos, não são os instrumentos que mudarão o rumo da educação do nosso Estado. Tudo contribui, por certo, mas o essencial são os homens e as mulheres que fazem acontecer o processo.
No centro de tudo, está você, professor (a), enfrentando desafios e buscando soluções com inventividade, talento e conhecimento.
Os desafios são enormes. As dificuldades, refletidas em péssimos indicadores, demonstram que temos um grande caminho a percorrer, mas acredito em nossa capacidade de superar os problemas. Se, de alguma forma, a avaliação do nosso desempenho deixa-nos preocupados, também nos obriga a aprofundar o debate e a buscar soluções.
Que sejamos nós vitoriosos! Que o Maranhão seja, em curto espaço de tempo, o modelo quanto à reversão desses números perversos e que possamos responder a todos com o exemplo, com o trabalho.
Cordiais saudações,
Professor César PiresSecretário de Estado da Educação

Fonte: Ascom/Seduc

Comentários

Quanto cinismo, esse secretário pensa que somos bobos?
Biologia e Você disse…
Me senti muito menosprezada, minha raiva aumentou muito.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…