Pular para o conteúdo principal
PARA O EDUCADOR NÃO PARAR, REAJUSTE DE 27,14% JÁ!



ASSEMBLEIA NO SINDEDUCAÇÃO PARA DEFINIR PELA GREVE GERAL DA NOSSA CATEGORIA: DIA 13/05. COMPAREÇAM!

Companheir@s, dia 13 de maio acontece no SINDEDUCAÇÃO às 17h uma assembleia extraordinária e lá decidiremos se iniciamos a Greve Geral por tempo indeterminado.


O processo de negociação, foi iniciado dia 6 de março e hoje, após 2 meses de idas e vindas nas mesas de negociação , quase nada conseguimos conquistar. Dos 15 itens da pauta de reivindicações pleiteada junto ao prefeito, nenhum item foi atendido, integralmente, até o momento.


Ano passado, o Prefeito João Castelo, com o aval da diretoria do SINDEDUCAÇÃO, descumpriu a lei do piso, ao nos conceder um reajuste parcelado de apenas 8% (6% julho + 2% agosto). O percentual de reajuste salarial de 27,14% hoje pleiteado pela Categoria corresponde à soma: 15,94% referente ao crescimento do valor aluno/ano em 2010 + 11,2% referente ao percentual do FUNDEB não repassado em 2009.


O prefeito insiste em descumprir a lei do piso e nos desrespeitar, ao propor um reajuste de apenas 5,5%, desconhecendo assim nossos direitos, o crescimento significativo das receitas do FUNDEB e a necessidade de melhoria da qualidade educacional da rede municipal. Segundo a secretaria do tesouro nacional-STN, a prefeitura municipal de São Luis recebeu só em recursos do FUNDEB, no primeiro quadrimestre de 2010, R$ 46,4 milhões, o que corresponde a um acréscimo de 27,7% nas receitas do FUNDO, em relação ao mesmo período de 2009, que foi de R$ 36,6 milhões. Portanto, companheiros/as, o percentual de 27,14% por nós pretendido não é abusivo, como dizem por aí. Ele, nem de longe se aproxima dos 50% de reajuste salarial concedido pelo Prefeito, com a anuência da Câmara de vereadores no final do ano passado, aos cargos comissionados e também não se aproxima do reajuste salarial de mais de 30% concedido ao Sr Prefeito em 2009, elevando seu salário de R$ 19.100,00 para R$ 25.000,00 o que o coloca como um dos maiores do país. Nesse período também foi reajustado o salário dos vereadores e dos secretários municipais, num percentual não muito inferior.

COMPANHEIR@S, NÃODEVEMOS ABRIR MÃO DO PERCENTUAL DE 27,14% DE REAJUSTE E DOS SEGUINTES PLEITOS:

* Eleição direta para diretor(a); * Reformulação do estatuto do magistério e do PCCR; * Concessão imediata de todas as progressões e titulações; * Efetivação dos concursados que trabalham na condição de contratados; *Fim da terceirização na educação municipal; * Concurso público para todos os profissionais da educação; *Regulamentação do número de alunos por sala, com ampliação urgente da rede escolar; *Imediata regularização do pagamento dos professores com jornada ampliada; *Instituição de uma política de saúde pública específica para os educadores.

ESSA LUTA É DE TODOS/AS E OS DESDOBRAMENTOS DELA TAMBÉM.


OPOSIÇÃO-Sindeducação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…