Pular para o conteúdo principal

Greve Continua! Determina Assembleia de Professores.

Os professores públicos municipais, reunidos em assembleia geral da categoria na Fetiema, nesta quinta (24/06), decidiram permanecer em greve até que seus pleitos sejam atendidos pela Prefeitura.






 

HÁ UMA PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DA CATEGORIA QUE A PREFEITURA NÃO DA RESPOSTA, ainda há muito que buscar:



 
  • Reajuste de 27,14% (atendido parcialmente-8%) ;
  • Eleição direta para diretor;
  • Regularização no pagamento dos professores com jornada ampliada;
  • Concessão das progressões: horizontal e vertical acumuladas (atendido parcialmente);
  • Nomeação de todos os aprovados no último concurso;
  • Auxílio transporte em dinheiro para quem assim desejar;
  • Regularização dos contratados remanescentes do concurso de 2002;
  • Concessão da gratificação de difícil acesso aos professores ainda não contemplados;
  • Retorno da redução de carga horária por tempo de serviço e idade,
  • Reestruturação do PCCV e do estatuto do magistério; dentre outros.

 

 
Em breve sairá a agenda de greve.




Comentários

selma disse…
Meu Nome é Selma Professora da UEb Tiradentes, quero mandar aqui uma sugestão para a nova agenda da greve:
ACREDITO QUE UMA REUNIÃO SEMANAL EM FRENTE A PREFEITURA E MAIS DOIS GRANDES
MOMENTOS ( PASSEATA SAINDO DA DEODORO + UMA PLANFETAGEM NA ORLA MARÍTIMA
POR EXEMPLO) SERÁ BASTANTE PARA MARCAR ESSE MÊS DE FÉRIAS E DE GREVE.
COMPANHEIROS È SOMENTE UMA SUGESTÃO PARA SER LEVADO A REUNIÃO DE SEGUNDA
ABRAÇOS Selma


OBS: PODEREMOS FAZER UNS ADESIVOS COM A SEGUINTE FRASE

FÉRIAS? NÃO

ESTAMOS EM GREVE
Anônimo disse…
O PROFESSOR LEONEL TRAIU A CATEGORIA,ESTAMOS DECEPCIONADOS. A GREVE CONTINUA !!!
Anônimo disse…
Fiquei sabendo que o LEONEL acordou antes com a direção do SINDEDUCAÇÃO, a suspensão da greve,para fazer as pazes com Lindalva e também porque está se sentido cansado e gostaria de descansar, viajando nas férias. Isso é verdade???Que oposição é essa que vota com a direção???
Anônimo disse…
Este momento é de unirmos força, não sei o que rola nos bastidores mas na assembleia Leonel não disse em abandonar a luta! Não estava em questão a suspensão da greve e sim a categoria entraria em estado de greve e todos poderiam descansar nas férias, afinal é um direito nosso e retornariamos em agosto novamente em greve. Mas deixemos detalhes para lá e vamos realmente a ação. Juntos venceremos...
Anônimo disse…
Acredito que antes de irmos p frente da prefeitura reuniriamos no sindicato até porque é desgastante e enfadonho permanecermos em frente a prefeitura e descentralizarmos o movimento. Que tal uma dia uma reunião no arraial em que o prefeito estivesse...

Postagens mais visitadas deste blog

PERDAS SALARIAIS DOS PROFESSORES NO GOV. FLÁVIO DINO

GOV. FLÁVIO DINO DESCUMPRE LEIS e  APLICA NOVO CALOTE NOS EDUCADORES
Ao não conceder, em janeiro de 2018, o reajuste de 6,81% no vencimento dos integrantes do magistério da educação básica, mais uma vez o governador Flávio Dino insiste em descumprir a lei do PISO NACIONAL e o art. 32 do ESTATUTO DO MAGISTÉRIO. Por 3 anos consecutivos temos sido vitimados por uma política de profundo ARROCHO SALARIAL que tem como consequência a diminuição permanente do poder de compra dos educadores, comprometendo de forma direta a qualidade da educação pública e a dignidade dos trabalhadores. Em 2016, embora a lei garantisse um reajuste de 11,36% para os Professores, não foi concedido nenhum percentual de recomposição salarial. Em 2017, governo descumpre novamente a legislação, através de uma manobra parlamentar, aplica um pequeno reajuste em cima da GAM.  Em 2018, o governo reedita o calote e outra vez, agindo na ILEGALIDADE, não concede o reajuste na tabela de vencimentos dos educadores, em uma clara …

Gov Flávio Dino passa a perna nos professores, vende gato por lebre e chama isso de valorização

Quem vê a megacampanha midiática do governo Flávio Dino (PCdoB)  sobre a realidade salarial dos professores da rede estadual maranhense, nem de longe imagina o que de fato vem acontecendo com esses educadores.  Primeiro é preciso explicitar que o governador, apesar de ser professor, não teve pudor algum ao optar, em 2016, por descumprir as Leis do Piso e o Estatuto do Magistério e deixar toda a categoria de professores sem reajuste salarial algum. No ano seguinte, o avanço do governo sobre os direitos dos professores continuou. Numa manobra envolvendo sua base aliada no poder legislativo, o governador Flávio Dino (PCdoB) usa uma Medida Provisória para violar o Estatuto do Magistério, promove o desmonte da carreira ao extinguir 9 referências de um total de 19 existentes e realiza uma pequena elevação na Gratificação de Atividade do Magistério – GAM, de forma parcelada e progressiva, entretanto, manteve CONGELADO o piso salarial de todos os professores, com valores referentes ao ano de 2…

Baixaria na Assembleia de Prestação de Contas do Sinproesemma

Dia 24/06 (sábado), aconteceu no Praia Mar Hotel em São Luís a assembleia de prestação de contas do Sinproesemma.
O auditório em que aconteceu a assembleia comportava 120 assentos e cerca de 90% deles foram ocupados por educadores que estavam hospedados no hotel, pois vieram de alguns municípios localizados no continente. Poucos educadores eram da capital e isso se deu por que a diretoria do sindicato (SUB JUDICE) não divulgou a realização da assembleia nas escolas da grande ilha e nem convocou os trabalhadores nos seus  meios de comunicação.
O debate foi iniciado e ao longo dele, chamou bastante atenção o embate  entre os membros da diretoria, que se alfinetaram e também fizeram acusações graves. O presidente Raimundo Oliveira tentou cercear a fala da ex- presidente Benedita, mas foi reprovado por alguns professores.


Veja abaixo vídeos e os dois balancetes apresentados aos educadores. Neles, dentre outras coisas, chama atenção o volume de recursos que a diretoria do sindicato diz ter…