Pular para o conteúdo principal

"NINGUÉM PODE NOS CALAR"

                                                                        

"NINGUÉM PODE NOS CALAR"


A frase que intitula este texto é de uma mais belas músicas do nosso querido compositor maranhense César Texeira. Foi com este sentimento de que jamais se calarão e se curvarão à rainha da corrupção que os professores guerreiros e lutadores levantaram o acampamento em frente ao Palácio dos Leões do governo Roseana.

Nas várias greves do meu tempo de metalúrgico, em que tivemos grandes conquistas materiais contra a poderosa ALUMAR, nunca vivi um final de greve tão emocionante como a que presenciei ontem, conduzida pelos professores em luta, mesmo havendo derrota material. Por outro lado, a derrota material proporcionou uma maior unidade desses e dessas guerreiras. Além do mais, a forma como ela foi encerrada demonstra bem o verdadeiro medo que os patrões têm de uma greve: a possibilidade que ela permite de um salto na consciência de classe da classe trabalhadora.

O governo Roseana não tem o que comemorar. Ela agora tem um exército maior de lutadores contra a sua política nefasta de educação pública. Também sai derrotada a maioria da direção do SINPROESEMMA, QUE DEIXOU À DERIVA estes lutadores. Ficamos sabendo que alguns burocratas da SEDUC comemoraram a derrota dos professores. Pergunto a estes burocratas: o que mesmo vocês comemoram?














Logo elas estarão de volta. A frase de Gandhi espelhada na camisa de uma professora expressa isto: ...ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo, mas qualquer um pode começa agora e fazer um novo fim..."














Encerro este pequeno relato com a letra da música de César que expressa muito bem o conteúdo da luta dos professores.

Oração Latina
César Teixeira

La la la la laiá la la la la laiá la
Esta nova oração,
É uma canção de vida
Pelo sangue da ferida no chão.
Que não cicatrizará
Nem tampouco deixará de abrir
A rosa em nosso coração...
E diga sim...
A quem nos quer abraçar,
Mas se for pra enganar
Diga não...
Com as bandeiras na rua
Ninguém pode nos calar.
Com as bandeiras na rua
Ninguém pode nos calar.
E quem nos ajudará
A não ser a própria gente
Pois hoje não se consente esperar.
Somente a rosa e o punhal.
Somente o punhal e a rosa
Poderão fazer a luz do sol brilhar.
E diga sim...
A quem nos quer acolher,
Mas se for pra nos prender
Diga não...
Ninguém vai ser torturado
Com vontade de lutar.
Ninguém vai ser torturado
Com vontade de lutar.
La la la la laiá la la la la laiá la
La la la la laiá la la la la laiá la
E diga sim...
A quem nos quer acolher...
Mas se for pra nos prender...
Diga não...
Revisado por Luciana Carla

Comentários

eliane disse…
Texto emocionante. Voltei hoje à escola com a certeza do dever cumprido. Lutei o bom combate. E não terei receio de voltar à luta com tão bravos professores. Obrigada, Noleto, pela companhia todos esses dias. Obrigada a todos os professores e professoras pela lição de cidadania. Quanto à Seduc, ela não tem consciência da própria existência. Muita graça de Deus a todos.
Emanuel Souza disse…
vejam que a prioridade da seduc agora são os alunos:

http://www.jornalpequeno.com.br/blog/johncutrim/?p=17018
Marcelino disse…
O mais bonito foi ver tantos educadores com disposição para o embate: Nadja,Eliane, Iole (Operária I), Joel, Jorge, Dolores(Operária II), Jair, Diana, Jorge, Claudio (Cesjo), Emerson, Claudia, Aninete (Liceu), Rosa (Cem São Cristóvão), Rezzo, Julieta (29 de Outubro), Edvaldo (Tarquínio Lopes),Geraldo (Pires Collins),Rubia (CE São José de Ribamar) Rosidea (Bandeira Tribuzzi), Tássia, Adalzira, Reinaldo(Almirante Tamandaré),Norma(Barjonas Lobão),Camilo, Oberdan (Gonçalves Dias), Iolanda, Nubia, Deusinha (Cegel),Bebeto, Maria José( Cintra)todos do Bacelar Portela e mais Antonisio, Marcelo, Odeir, Vanda,Hertz,Katia Ribeiro,Silvana e seu esposo, Ana Carolina,Durans, Jaqueline,Otoniel, o pessoal de Itapecuru, Pinheiro... É muita gente. Não cabem tantos nomes nesta postagem e na memória falha, mas na minha consideração, no meu respeito estão todos.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…