quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

SINPROESEMMA, A DUVIDOSA PROTEÇÃO SINDICAL

O Governo do Estado pagou os retroativos do reajuste de 12%, mas somente aos professores da ativa, no dia 10, sábado. Tendo um vice-presidente licenciado na cúpula da Secretaria de Educação, é quase inaceitável a ideia de que o SINPROESEMMA não tenha tomado conhecimento antecipado do calote que o Governo iria dar nos professores aposentados. Agora, depois do clima de manifestada revolta e depois de pronunciamentos de deputados da Oposição, o SINPROESEMMA candidamente marca uma “reunião com inativos” no dia 20 (dez dias depois de oficializado o calote estatal) para “dar esclarecimentos sobre as providências tomadas em relação ao fato e discutir com a categoria outros encaminhamentos para exigir que o Estado respeite os educadores aposentados”.


Não seria muito mais fácil e oportuno que a Assessoria Jurídica do SINPROESEMMA (que diz defender os interesses dos professores do Estado), após ter dado um prazo de 72 horas para a Secretaria de Educação regularizar a pendência, já tivesse ingressado com uma Ação na Justiça para salvaguardar os nossos constitucionais – portanto, legítimos – direitos?

Prof. Antonio Cabral

Reg.-MEC/MA nº 25538

Nenhum comentário: