terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Olha a revolução na EDUCAÇÃO prometida pela governadora.

Seduc perde prazo e Maranhão fica sem Pro-jovem…


O Maranhão deve ficar sem o Programa Jovem Urbano, o Pro-jovem, do Governo Federal.
A Secretaria de Educação perdeu o prazo para cadastramento, que terminou quarta-feira passada, deixando milhares de beneficiários sem perspectiva de receber os recursos do programa.
Até o ano passado, o Projovem era gerido no Maranhão pela Secretaria de Juventude, mas o governo decidiu repassá-lo à Secretaria de Educação.
Pelas regras do programa, cada jovem inscrito, ganha uma bolsa de R$ 100,00, a garantia de matrícula para conclusão do Ensino Médio ou realização de Curso Profissionalizante - e, se tiver filhos, garantia de creche com alimentação para a criança.


Com a perda do prazo, o Maranhão perde alguns milhões de reais do programa…

fonte: seg, 16/01/12 por Marco D'Eça às 13:00h

Nenhum comentário: