Pular para o conteúdo principal

Mais de 1500 professores deixam de receber a PROGRESSÃO HORIZONTAL e a diretoria do SINDEDUCAÇÃO silencia.

A Secretaria Municipal de Educação de São Luís (SEMED) divulgou hoje (12/06) à tarde a lista da progressão horizontal 2011. Esta lista é fruto do acordo estabelecido entre o sindicato e a prefeitura durante a última greve da categoria. A SEMED vai fazer uma folha suplementar para ser paga até o dia 18 deste mês.
A lista estará à disposição dos interessados no site do sindicato e também na sede do SINDEDUCAÇÃO na COHAB.

Fonte: http://www.sindeducacao.com.br/web/index.php?option=com_content&view=article&id=198:semed-divulga-lista-da-progressao-horizontal&catid=1:noticias&Itemid=2

Considerações do MRP:


A prefeitura prometeu implantar 3.417 PROGRESSÕES HORIZONTAIS (PH), mais de fato só concedeu 1.871, a diretoria do SINDEDUCAÇÃO sabe disso mais fez vista grossa. Atentem para um detalhe, inicialmente a listagem foi socializada via e-mail para os sindicalizados, através de um arquivo do EXCEL. Através dele qualquer um pode contabilizar  a quantidade PH concedidas, para evitar isso, a diretoria do sindicato fez um recorte no arquivo, excluindo justamente a parte da numeração, na postagem feita no site do sindicato. Porque será que agiram assim?

Essa manobra da prefeitura prejudica diretamente mais de 1.500 professores, na medida em que estes não terão seu direito garantido e isto se reverterá em consideráveis perdas salariais para esses educadores.  

Companheir@s não silenciem, pois quem cala consente! Vamos exigir explicações da diretoria do SINDEDUCAÇÃO, qual a justificativa para esse absurdo?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…