Pular para o conteúdo principal

A DISPUTA DO PROCESSO ELEITORAL DO SINDEDUCAÇÃO FAZ COM QUE OS "ETERNOS DONOS” DO SINDICATO SE DESESPEREM E APELEM PARA MENTIRAS E BAIXARIAS

 
A chapa 03- que se intitula RENOVAR E AVANÇAR NA LUTA ( rs, rs, rs...), sentindo a real possibilidade da categoria votar na Chapa 01- unidade para mudar, pois não aguenta mais ver o sindicato utilizado como bem privado e não defender os interesses da categoria, apela e distribui nas escolas, ás vésperas das eleições, uma texto em que acusam o Professor Antonísio de ter sido condenado por danos morais e o Professor Leonel de agressão à uma mulher.
Demonstram total desconhecimento de como funciona o mundo jurídico ou estão agindo de má-fé mesmo, que é o mais provável, mas em respeito aos professores, que é quem importa, vamos aos esclarecimentos.
1. Quanto á acusação ao Professor Antonísio, vejam que esta foi retirada do sitio do SINPROESEMMA, isto mesmo aquele cuja direção age da mesma forma que a direção do SINDEDUCAÇÃO, mas vamos aos fatos, o que ocorreu é que um membro da comunidade SOS PROFESSORES-MA, identificado apenas como José Marlos, proferiu uma série de acusações contra JANICE NERY, uma das diretoras do SINPROESEMMA, e esta intentou ação em face de Antonísio que é apenas o moderador do grupo sem nem sequer querer saber quem é José Marlos, o autor das ofensas, pois só interessava atingir o Professor Antonísio;
2. Vale destacar que o referido processo ainda não transitou em julgado, ou seja, a decisão não é definitiva, está pendente de julgamento de recurso, e mesmo que fosse, todos sabemos que as decisões judiciais nem sempre são justas, da mesma forma que também sabemos que estes comentários podem ter sido plantados exatamente para prejudicar o Professor Antonisio, que vem representado uma ameaça aos planos destes “sindicalistas” de permanecerem eternamente sugando os nossos sindicatos;
3. A prova maior disso é que em decorrência da atuação ativa e ilibada do Professor Antonísio, que não aceita se vender e ceder às pressões, este já tem sobre si 04(quatro) ações judiciais movidas pelos diretores do SINPROESEMMA, e isto, só demonstra que é de luta e confiável, pois se é inimigo das direções dos sindicatos pelegos, é porque tem compromisso com a categoria, o que o habilita a nos representar;
4. Em relação a acusação contra o professor Leonel Torres, esta se trata do mais absoluta calúnia, pois a chapa 03 chega a afirmar que o professor foi indiciado, o que é uma inverdade, pois o procedimento é iniciado com o registro de uma queixa na delegacia, sendo que após a oitiva das partes, suposta vítima e acusado, sem qualquer juízo de valor, o processo é remetido ao Juizado Especial e realizada audiência de conciliação. Caso não ocorra a conciliação é que a justiça vai avaliar, após representação da parte, se recebe ou não a denúncia,o que ainda não ocorreu;
5. Impende ressaltar que o Professor Leonel Torres tem uma reputação ilibada e nunca agrediu ninguém, muito menos uma mulher. A celeuma ocorreu em um debate em que todos os professores estavam com os ânimos acirrados em decorrência dos mais de 70 dias de greve, sendo que o professor Leonel já até chegou a se desculpar publicamente se proferiu alguma palavra que tenha ofendido a suposta vítima, e propôs a retratação, mas esta não quer, pois o interesse é outro;
6. E quando faltam argumentos para atingir a vida pessoal dos membros da CHAPA 01, os desesperados apelam para agredir a vida profissional destes sem qualquer comprovação ou base para isso, a não ser que diretores de escolas tenham repassado fatos inverídicos, o que não é muito difícil tal a relação destes com a administração municipal,
7. E para esclarecer sobre as filiações partidárias dos membros da CHAPA 01 são as mais diversas possíveis ou mesmo sem qualquer filiação, mas certamente não tem filiados ligados e umbricados ao partido de CASTELO(PSDB), já não se pode dizer o mesmo das demais chapas;
8. Só temos um acordo com a nota dos desesperados, não podemos deixar o nosso sindicato servir de estrutura para partidos políticos e para famílias inteiras se locupletarem, por esta razão lançamos a CHAPA 01-UNIDADE PARA MUDAR.
Por fim, é amanhã, dia 14/09/2012, o dia de mudarmos a nossa história, Professores compareçam e votem pela mudança. Vote CHA 01-UNIDADE PARA MUDAR.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PERDAS SALARIAIS DOS PROFESSORES NO GOV. FLÁVIO DINO

GOV. FLÁVIO DINO DESCUMPRE LEIS e  APLICA NOVO CALOTE NOS EDUCADORES
Ao não conceder, em janeiro de 2018, o reajuste de 6,81% no vencimento dos integrantes do magistério da educação básica, mais uma vez o governador Flávio Dino insiste em descumprir a lei do PISO NACIONAL e o art. 32 do ESTATUTO DO MAGISTÉRIO. Por 3 anos consecutivos temos sido vitimados por uma política de profundo ARROCHO SALARIAL que tem como consequência a diminuição permanente do poder de compra dos educadores, comprometendo de forma direta a qualidade da educação pública e a dignidade dos trabalhadores. Em 2016, embora a lei garantisse um reajuste de 11,36% para os Professores, não foi concedido nenhum percentual de recomposição salarial. Em 2017, governo descumpre novamente a legislação, através de uma manobra parlamentar, aplica um pequeno reajuste em cima da GAM.  Em 2018, o governo reedita o calote e outra vez, agindo na ILEGALIDADE, não concede o reajuste na tabela de vencimentos dos educadores, em uma clara …

Gov Flávio Dino passa a perna nos professores, vende gato por lebre e chama isso de valorização

Quem vê a megacampanha midiática do governo Flávio Dino (PCdoB)  sobre a realidade salarial dos professores da rede estadual maranhense, nem de longe imagina o que de fato vem acontecendo com esses educadores.  Primeiro é preciso explicitar que o governador, apesar de ser professor, não teve pudor algum ao optar, em 2016, por descumprir as Leis do Piso e o Estatuto do Magistério e deixar toda a categoria de professores sem reajuste salarial algum. No ano seguinte, o avanço do governo sobre os direitos dos professores continuou. Numa manobra envolvendo sua base aliada no poder legislativo, o governador Flávio Dino (PCdoB) usa uma Medida Provisória para violar o Estatuto do Magistério, promove o desmonte da carreira ao extinguir 9 referências de um total de 19 existentes e realiza uma pequena elevação na Gratificação de Atividade do Magistério – GAM, de forma parcelada e progressiva, entretanto, manteve CONGELADO o piso salarial de todos os professores, com valores referentes ao ano de 2…

Governo Flávio Dino aplica novo GOLPE nos PROFESSORES

Companheir@, demonstraremos aqui, os prejuízos causados pela aprovação da  Medida Provisória nº 272/18. Ela modifica a estrutura da tabela de vencimentos que integra o Estatuto do Magistério e trata da concessão de reajustes diferenciados para os educadores:

 Prof. I - 10,47% - INTEGRAL  Prof. II - 6,81% - INTEGRAL  Prof. III- 6,81% - P A R C E L A D O
O governo do estado incorreu em ato ILEGAL ao violar o artigo 32 da Lei 9.860/13, e conceder percentuais de reajustes diferenciados para os integrantes do subgrupo  Magistério. Como se isso não bastasse, os valores dos vencimentos dos professores nas tabelas que acompanham a MP 272/18, foram definidos à revelia da tabela que acompanha o Estatuto do Magistério, desde sua aprovação em 2013. Governo e sinproesemma acharam que os professores não perceberiam a manobra matemática feita por eles. A ideia visa reduzir o volume de recursos financeiros do FUNDEB, que é usado para remunerar anualmente, os profissionais do magistério. 

Observe na imagem …