Pular para o conteúdo principal

A DISPUTA DO PROCESSO ELEITORAL DO SINDEDUCAÇÃO FAZ COM QUE OS "ETERNOS DONOS” DO SINDICATO SE DESESPEREM E APELEM PARA MENTIRAS E BAIXARIAS

 
A chapa 03- que se intitula RENOVAR E AVANÇAR NA LUTA ( rs, rs, rs...), sentindo a real possibilidade da categoria votar na Chapa 01- unidade para mudar, pois não aguenta mais ver o sindicato utilizado como bem privado e não defender os interesses da categoria, apela e distribui nas escolas, ás vésperas das eleições, uma texto em que acusam o Professor Antonísio de ter sido condenado por danos morais e o Professor Leonel de agressão à uma mulher.
Demonstram total desconhecimento de como funciona o mundo jurídico ou estão agindo de má-fé mesmo, que é o mais provável, mas em respeito aos professores, que é quem importa, vamos aos esclarecimentos.
1. Quanto á acusação ao Professor Antonísio, vejam que esta foi retirada do sitio do SINPROESEMMA, isto mesmo aquele cuja direção age da mesma forma que a direção do SINDEDUCAÇÃO, mas vamos aos fatos, o que ocorreu é que um membro da comunidade SOS PROFESSORES-MA, identificado apenas como José Marlos, proferiu uma série de acusações contra JANICE NERY, uma das diretoras do SINPROESEMMA, e esta intentou ação em face de Antonísio que é apenas o moderador do grupo sem nem sequer querer saber quem é José Marlos, o autor das ofensas, pois só interessava atingir o Professor Antonísio;
2. Vale destacar que o referido processo ainda não transitou em julgado, ou seja, a decisão não é definitiva, está pendente de julgamento de recurso, e mesmo que fosse, todos sabemos que as decisões judiciais nem sempre são justas, da mesma forma que também sabemos que estes comentários podem ter sido plantados exatamente para prejudicar o Professor Antonisio, que vem representado uma ameaça aos planos destes “sindicalistas” de permanecerem eternamente sugando os nossos sindicatos;
3. A prova maior disso é que em decorrência da atuação ativa e ilibada do Professor Antonísio, que não aceita se vender e ceder às pressões, este já tem sobre si 04(quatro) ações judiciais movidas pelos diretores do SINPROESEMMA, e isto, só demonstra que é de luta e confiável, pois se é inimigo das direções dos sindicatos pelegos, é porque tem compromisso com a categoria, o que o habilita a nos representar;
4. Em relação a acusação contra o professor Leonel Torres, esta se trata do mais absoluta calúnia, pois a chapa 03 chega a afirmar que o professor foi indiciado, o que é uma inverdade, pois o procedimento é iniciado com o registro de uma queixa na delegacia, sendo que após a oitiva das partes, suposta vítima e acusado, sem qualquer juízo de valor, o processo é remetido ao Juizado Especial e realizada audiência de conciliação. Caso não ocorra a conciliação é que a justiça vai avaliar, após representação da parte, se recebe ou não a denúncia,o que ainda não ocorreu;
5. Impende ressaltar que o Professor Leonel Torres tem uma reputação ilibada e nunca agrediu ninguém, muito menos uma mulher. A celeuma ocorreu em um debate em que todos os professores estavam com os ânimos acirrados em decorrência dos mais de 70 dias de greve, sendo que o professor Leonel já até chegou a se desculpar publicamente se proferiu alguma palavra que tenha ofendido a suposta vítima, e propôs a retratação, mas esta não quer, pois o interesse é outro;
6. E quando faltam argumentos para atingir a vida pessoal dos membros da CHAPA 01, os desesperados apelam para agredir a vida profissional destes sem qualquer comprovação ou base para isso, a não ser que diretores de escolas tenham repassado fatos inverídicos, o que não é muito difícil tal a relação destes com a administração municipal,
7. E para esclarecer sobre as filiações partidárias dos membros da CHAPA 01 são as mais diversas possíveis ou mesmo sem qualquer filiação, mas certamente não tem filiados ligados e umbricados ao partido de CASTELO(PSDB), já não se pode dizer o mesmo das demais chapas;
8. Só temos um acordo com a nota dos desesperados, não podemos deixar o nosso sindicato servir de estrutura para partidos políticos e para famílias inteiras se locupletarem, por esta razão lançamos a CHAPA 01-UNIDADE PARA MUDAR.
Por fim, é amanhã, dia 14/09/2012, o dia de mudarmos a nossa história, Professores compareçam e votem pela mudança. Vote CHA 01-UNIDADE PARA MUDAR.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…