Pular para o conteúdo principal

A Presidente do SINDEDUCAÇÃO fecha o sindicato para não dar posse à nova diretoria eleita pela categoria.

 

Era só o que faltava, após 33 dias da realização da eleição do SINDEDUCAÇÃO, sua atual presidente Lindalva Batista resolveu de forma arbitrária transferir a COMISSÃO ELEITORAL da SEDE DO SINDICATO PARA A SEDE DA UGT, localizada na Av. Mascarenhas de Moraes, Bloco 15, casa 01- ALEMANHA. Não satisfeita com a transferência, a mesma resolveu fechar as portas do SINDEDUCAÇÃO. Registra-se que todas essas medidas fazem parte do plano de anulação do resultado da eleição, para assim evitar que pela primeira vez, em toda a história desse jovem sindicato, a categoria assuma o seu comando.

Essas manobras evidenciam o quanto as Lindalvas e seus seguidores não querem deixar o poder e as benesses advindas do poder público municipal e do controle do sindicato. Essa gente já está a frente do nosso sindicato ha mais de uma década e sendo assim, nem de longe sonham em ter que enfrentar o que a nossa categoria enfrenta diariamente nas salas de aulas das escolas municipais.

Precisamos reagir e evitar que essa tentativa de golpe macule ainda mais a imagem desse sindicato que é o único instrumento de luta e defesa dos educadores municipais de São Luís. Lamentavelmente, registramos que historicamente ele foi transformado em balcão de negócios por esses que querem a todo custo se perpetuar no poder.
 
Fora PELEGOS! Fora inimigos da educação e dos educadores!

 

 

Comentários

Querem evitar que o SINDEDUCAÇÃO seja pela primeira vez um sindicato de luta, que esteja na real defesa dos interesses da categoria. Não podemos permitir que eles deem mais esse golpe, já basta não termos garantidas condições minimamente salubres de trabalho, 1/3 de hora atividade, remuneração digna, incentivo a formação contínua, entre outros direitos que nos são negados. A atual direção do SINDEDUCAÇÃO tem que voltar... voltar pra sala de aula!

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…