segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Esclarecimentos sobre a nota ELEIÇÕES postada no site do SINDEDUCAÇÃO.



NOSSOS ESCLARECIMENTOS:
campanha de terror e desinformação organizada pelo grupo do Antonísio Furtado”
A diretoria eleita democraticamente na eleição realizada dia 14 de setembro, não faz campanha de terror e desinformação, conforme afirma a nota da diretoria golpista de Lindalva Batista. O que estamos fazendo é justamente o contrário, estamos informando à nossa categoria tudo o que está por trás desse golpe perpetrado por Lindalva e a turma do PCdoB que dirige o SINPROESEMMA.
“resolveu não participar das novas eleições, apesar da abertura de novo prazo para registro das chapas”
Decidimos não participar dessas novas eleições por entender que elas são fruto de uma farsa, montada por pessoas que se acham os donos do sindicato, não aceitam a derrota e querem a todo custo, mais uma vez, desrespeitar o direito de escolha dos associados deste sindicato.
“entendemos que as acusações de golpe são feitas por pessoas intransigentes e antidemocráticas”
Então a chapa que foi eleita pela categoria, com quase 50% dos votos válidos é composta de pessoas intransigentes e antidemocráticas? A base da nossa categoria não pensa dessa forma, tanto é que nos escolheu. Quem sempre agiu com intransigência e de forma antidemocrática, na condução do SINDEDUCAÇÃO, foi justamente quem a categoria reprovou nas urnas. Se essa senhora ainda não entendeu o recado das urnas, vamos traduzir: FORA LINDALVA BATISTA E SEUS ASSECLAS.
“Eleição se ganha no voto, como vem sendo divulgado por Antonísio Furtado e seus partidários, mas com voto livre e consciente, sem interferência de partido político”
O Voto livre e consciente foi o que nos elegeu na eleição do dia 14/09, entretanto, Lindalva, não querendo engolir a derrota fragorosa imposta pelos votantes, inventou essa de que o PSTU quer tomar o SINDEDUCAÇÃO. Essa é uma inverdade, a maioria dos membros da chapa 1 (UNIDADE PARA MUDAR) não é filiada a esse partido. Essa alegação objetiva legitimar o golpe lindalviano, que apoiada nessa mentira, tentará realizar novas eleições, e assim pretende manter o SINDICATO atrelado aos partidos da base de sustentação do novo prefeito, a exemplo o PCdoB. Essa senhora, não satisfeita com tudo de ruim que ela e seu grupo já fez contra a nossa categoria, quer, agora, a tudo custo, VALENDO-SE DE UMA FARSA, evitar que os professores assumam o controle do SINDEDUCAÇÃO.
“demonstra a sua falta de compromisso com a educação. A direção do SINDEDUCAÇÃO entende que lugar de professor é na sala de aula, ajudando a construir uma educação melhor e um futuro esperançoso para nossas crianças, e que lugar de voto é na urna, pra eleger uma nova diretoria, independente, sem vínculos partidários.”
Quem historicamente tem um passado de descompromisso com a educação pública municipal, não são os integrantes da chapa eleita. O desmonte da educação publica municipal potencializado no governo Castelo, em momento algum foi combatido efetivamente pela gestão de Lindalva e isso ocorreu por conta da sua eterna aliança com os integrantes dos poderes EXECUTIVO E LEGISLATIVO.
O grupo Lindalviano é tão governista que nem faz questão de esconder. Vejam só: mesmo sabendo do caos instalado nas escolas municipais, o grupo defende que lugar de professor é na sala de aula. Se houvesse o mínimo de compromisso desse grupo com a educação e seus educadores, seus integrantes se proporiam  a organizar a nossa categoria para fazer a luta no sentido de reverter esse quadro.
Quanto à afirmação de que a categoria precisa eleger uma diretoria sem vinculo partidário, destacamos:
Lindalva Batista durante todo o tempo que esteve a frente do SINDEDUCAÇÃO esteve filiada a partidos políticos, a exemplo de PDT e PP;
Nessa segunda eleição que é fruto de um golpe, tanto a chapa 1 encabeçada por Elisabeth, quanto a chapa 2 de César, são compostas por pessoas filiadas a partidos políticos da base aliada do novo prefeito. Na duas chapas, temos pessoas do PCdoB, do PPS, do PP e de outros partidos.
Quanto a cômica afirmação de que diretoria do sindicato é escolhida por professores e não por partidos políticos, no intuito de ludibrirar a nossa categoria, dizemos:
Na eleição do dia 14/09, a mesa de apuração contabilizou 591 votos de professores (efetivos e aposentados) a favor da chapa 1, sendo assim, como afirmar que fomos escolhidos por partidos políticos? Se partido tivesse votado nessa eleição, nossa chapa teria sido derrotada, pois a chapa de Lindalva teria recebido o voto do PDT, do PMN, do PSDB, do PTC e de todos os partidos da base aliada de João Castelo, que a apoiaram escancaradamente no dia da eleição.

Já vencemos nas urnas, agora é derrota-la nas ruas. Nenhum professor nas salas, nenhum voto nas urnas, todos às ruas.Paralização Geral em repúdio ao golpe no SINDEDUCAÇÃO e a FARSA DA NOVA ELEIÇÃO.

Data: 28 DE NOVEMBRO (QUARTA-FEIRA)

CONCENTRAÇÃO: O DIA TODO EM FRENTE A SEDE DO SINDEDUCAÇÃO NO 3º CONJUNTO DA COHAB-ANIL.
 

Nenhum comentário: