Pular para o conteúdo principal

Veja o que aconteceu na assembleia semi-clandestina que o sinproesemma realizou em São Luis dia 7 de março de 2013


vídeo 1


vídeo 2


vídeo 3 - a fala do Presidente do sindicato

foto
Na foto acima podemos ver o quanto a diretoria do SINPROESEMMA descumpre o estatuto do sindicato. Se a assembleia do dia 7 de março realizada na capital era da regional de São luis, o que esse rapaz de camisa verde que aparece votando, fazia nela? O mesmo é diretor do sindicato e é lotado na regional de Viana.  Ressalta-se também que  outra vez a diretoria do sindicato rasga o estatuto da entidade ao usar do expediente de assembleias regionais para debater uma questão de base estadual. A analise e aprovação dessa proposta de estatuto do educador, de acordo com o estatuto do sindicato, deveria acontecer em uma assembleia geral.

Educadores da rede estadual de ensino, nós do  MRP nos posicionamos contra o envio da proposta do estatuto do educador para o governo, pois descobrimos recentemente que a proposta enviada não é a que foi socializada com  a nossa categoria via site do sindicato, alem disso há pontos dessa proposta que necessitam ser rediscutidos e/ou readequados, são eles:

1 - A POLÍTICA SALARIAL CONTIDA NA PROPOSTA PERMITIRÁ QUE O GOVERNO CONTINUE COM A PRÁTICA DE NOS CONCEDER O REAJUSTE SALARIAL SÓ QUANDO ELE BEM ENTENDER, NO PERCENTUAL QUE DESEJAR, E O QUE É PIOR, ELE PODE NÃO CONTEMPLAR TODA A NOSSA CATEGORIA.

2 - A PROPOSTA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É MERITOCRÁTICA E MUITO PROVAVELMENTE SÓ SERVIRÁ PARA O GOVERNO PUNIR EDUCADORES, NA MEDIDA EM QUE ELA SÓ SERÁ REGULAMENTADA POSTERIORMENTE ATRAVÉS DE ATO DO EXECUTIVO E ISSO PODE PERMITIR O GOVERNO DIRECIONAR A AVALIAÇÃO PARA O TRABALHADOR, DEIXANDO DE FORA OUTROS ATORES DO SISTEMA EDUCACIONAL.

3 - A PROPOSTA DEFENDIDA PELA DIRETORIA DO SINPROESEMMA CONFISCA O DIREITO A REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DO PROFESSOR, POR TEMPO DE SERVIÇO E IDADE. COMO SE ISSO NÃO BASTASSE, OS DIRETORES DO SINDICATO DEFENDEM QUE O PROFESSOR DESEMPENHE SUA JORNADA DE 20 H. SEMANAIS, INTEGRALMENTE NA ESCOLA.


Diante do exposto, nos do M.R.P entendemos que é necessário reagirmos enquanto ainda há tempo, se essa proposta de estatuto for aprovada e virar lei, todos os integrante do magistério estadual serão prejudicados. Agora podemos afirmar com todas as letras: a proposta do ESTATUTO DO EDUCADOR é governista, razão pela qual a diretoria do SINPROESEMMA evitou debate-la com os professores, pois se isso tivesse ocorrido, a subtração de direitos e a inclusão de mecanismos que em nada beneficiam nossa categoria.

Comentários

ERAZAN ALRAC disse…
Muitos de nossos colegas que estão votando nessa proposta de enviar o estatuto até o dia 15 não estão fazendo uma leitura adequada das intenções reais dessa diretoria, infelizmente. Foi assim aqui em Caxias, nós que fazemos oposição comparecemos e fizemos as denúncias das arbitrariedades, mas ainda assim não fomos bem compreendidos e eles acabaram vencendo.
Marcelino disse…
Antonísio, seria bom que vcs postassem uma descrição comentada dessa assembleia, fica mais fácil para socializar a posição de nosso grupo (o MRP) com os internautas, pois o vídeo carrega muito lentamente.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora desmascara a propaganda do "governo da Mudança"

Neste vídeo a VERDADE sobre a realidade salarial dos educadores da rede estadual é revelada. Somente na propaganda do governo existe valorização dos educadores. Assista ao vídeo integralmente e conheça a triste situação dos professores.

Flávio Dino tem reajuste salarial e servidores estaduais, NÃO.

Onde está a Mudança?

O governo do Maranhão usa da desculpa de crise financeira e vem, há dois anos, arrochando os salários de milhares de servidores estaduais e negando seus direitos. Os professores ficaram sem ter o reajuste dos seus VENCIMENTOS em 2016 e 2017. Os professores em regime de C.E.T (CONDIÇÃO "ESPECIAL" DE TRABALHO) recebem essa gratificação CONGELADA desde fevereiro de 2015. Os funcionários administrativos, operacionais e outros, da SEDUC e das outras secretarias estão lutando para garantir, este ano, o reajuste de 6,3%, pois em 2016 não tiveram reajuste algum.



Na contramão do discurso de crise financeira e agindo  na surdina, a assembleia legislativa concedeu no último mês de fevereiro reajuste salarial, SEM PARCELAMENTO, para o governador, o vice-governador e todo o secretariado.  
Em 2017 seus novos subsídios são:
Governador: R$ 15.915,40         (16,9 SM);
Vice-governador: R$ 14.198,18 (15,1 SM);
Secretários: R $ 11.154,24          (11,9 SM).
Observação: SM = SALÁ…

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…