Pular para o conteúdo principal

Atenção Educadores! Andam querendo calar o MRP e vcs sabem pq????

O MRP agora é a bola da vez. O que faz o PCdoB (diretoria do sinproesemma) e militantes do PSTU/CSP andarem agora de mãos dadas na tentativa de desconstruir e desmoralizar o MOVIMENTO DE RESISTÊNCIA DOS PROFESSORES?????

A diretoria do sinproesemma é nossa opositora de longas datas, agora tenta nos rotular como roseanistas e isso se dá em função da nossa postura de participar do debate em torno da proposta do novo estatuto com muita responsabilidade e respeito aos educadores, esclarecendo a nossa categoria sobre os riscos contidos nela. Do outro lado pergunto, o que está por trás da atitude da turma do PSTU/CSP??? Seus integrantes nos conhecem e até já lutamos juntos, entretanto, ultimamente eles passaram a nos caluniar e a reproduzir o discurso da diretoria pelega do SINPROESEMMA de que somos roseanistas. Abre o olho professor! Esses dois partidos até aliança eleitoreira fizeram na eleição municipal passada em Belém do Pará. Esses ataques ao MRP se dão em função do nosso histórico de lutas em defesa da nossa categoria e da educação publica em nosso estado, do combate a oligarquia sarney e principalmente pq o movimento é supra-partidário e nos não aceitamos a TUTELA E O DIRECIONAMENTO UNICO DE NENHUM PARTIDO. 

Nos links abaixo vcs encontrarão as evidencias da aliança que busca a desconstrução do MRP.

Comentários

Marcelino disse…
Galera,seria conveniente fazer uma postagem, mais uma, quantas forem necessárias, para responder à acusação de fura-greve que nos estão impingindo. Nunca furamos greve e não estamos atrelados ao poder roseanista, tanto é assim que nossas manifestações têm sempre o governo como um dos alvos principais. O fato de Antonisio, Aires e demais membros da Aspema participarrem da última reunião, terça-feira na ACM, só indica o respeito à decisão da maioria dos presentes na última plenária do MRP/ Aspema no sindicato dos Bancários. Isso sim deve ser dito em todos os meios possíveis: o papel dos membros do MRP neste momento, ou seja, o de esclarecer a categoria sobre as armadilhas nas propostas do governo e da direção do Sinproessmma.

Postagens mais visitadas deste blog

O governador do Maranhão usa MP para descumprir lei estadual.

Não satisfeito em IGNORAR O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO, A LEI DO PISO e deixar os educadores da REDE ESTADUAL sem REAJUSTE SALARIAL em 2016, o governador Flávio Dino resolveu inovar e, em 2017, lançou mão de uma Medida Provisória para burlar o estatuto dos profissionais do magistério.
Educador(a), entre em contato com o/a deputado/a da sua região, peça seu apoio e diga a ele/ela que somos contra a MP 230,  da forma que foi proposta. Queremos que o governador CUMPRA o Estatuto do Magistério. Quando definirem o dia dessa votação, vamos mobilizar nossa categoria para LOTAR a Assembleia Legislativa. 
Educadores de todo o estado precisam comparecer e lutar contra a aprovação dessa MP.
NO DIA DA VOTAÇÃO DA MP 230/17 QUE VIOLA O ESTATUTO DO MAGISTÉRIO  (Lei nº 9.860/2013), OS DEPUTADOS VOTARÃO aFAVOR (F)ou CONTRA (C)  A Educação e os EDUCADORES???
A MP 230/17 SERÁ VOTADA AMANHÃ NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO         E JUSTIÇA - CCJ. Seus membros titulares são:
Presidente; Prof Marco Aurélio
Relator; Dr L…

Bomba! Diretoria do SINPROESEMMA agora diz que o governo pode pagar o reajuste do piso

Em nota a diretoria do SINPROESEMMA diz que o governo tem como pagar o reajuste do PISO, confira no link abaixo

http://sinproesemma.org.br/2016/07/sem-reajuste-salarial-valorizacao-e-parcial/
Considerações do MRP:

Alguém precisa informar à presidente do SINPROESEMMA que a LOA/2016 foi definida, votada e aprovada em 2015. Ela não deve cobrar a inclusão do reajuste dos educadores na Lei Orçamentária em pleno mês  de julho/2016.Por que somente no final de julho a diretoria do SINDICATO fala da existência de um estudo financeiro do DIEESE? Nele está explicito que o governo não fala a verdade quando afirma não ter condições financeiras para pagar o reajuste do PISO.  Detalhe: Essa situação é do primeiro quadrimestre do ano. Diante disso perguntamos: Por que isso não foi feito e externado à categoria no primeiro semestre? A maior parte dos itens que a diretoria do sindicato diz ser conquistas dos educadores, ainda não foi efetivado. A exemplo citamos o caso das AMPLIAÇÕES e o das GRATIFICAÇÕE…

Números do FUNDEB desmentem o governo do Maranhão

Companheir@s, abaixo apresentamos uma análise financeira do FUNDEB (REDE ESTADUAL/MARANHÃO) no período de 2015-2016

RECEITAS DO FUNDEB – REDE ESTADUAL/ ANO 2015
RECEITAS
1.TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDEB:     R$ 593.118.520,102.COMPLEMENTAÇÃO DA UNIÃO AO FUNDEB:         R$ 663.515.321,993.APLICAÇÃO FINANCEIRA:                                            R$      6.292.514,71    4.TOTAL:                                                                               R$ 1.262.926.356,80

DESPESAS
1PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO:   R$  1.262.926.356,802OUTRAS DESPESAS                                                                    R$   0,003    TOTAL:                                                                                R$ 1.262.926.356,80
Fonte: FNDE/MEC

FUNDEB – REDE ESTADUAL/ ANO 2016
CONTROLE MENSAL DO REPASSE DE RECURSOS

NºMêsValor Creditado R $1JANEIRO183.369.109,30