Pular para o conteúdo principal

Retiramos o POEMA em respeito à solicitação de alguns professores.

 

Comentários

Anônimo disse…
é o que eles pensam....
Anônimo disse…
GOSTARIA DE SABER O PORQUÊ DA PUBLICAÇÃO DESSE POST....PERDEMOS A GUERRA?
Anônimo disse…
Parabéns pelo poema. É realmente muito apropriado para o momento que estamos vivendo.
Não podemos deixar que o medo tire nossas forças e nos tire a campacidade de indignação.
A luta continua!
Anônimo disse…
Não perdemos nada! só em mostrar para eles não podem nos enganar já é uma vitória. Posso sair sem nada material, mas a minha consciência está limpa por ter lutado contra a corrupção.
Professor Tuba disse…
Acabei de ver uma nota da Secretaria de Educação no canal 12, falando da greve e pedindo o retorno às salas de aula imediatamente, para que os alunos não sejam mais prejudicados. O tom de ameaça foi bem mais brando. Acho que o movimento está surtindo efeito, incomodando realmente. Temo que muitos colegas desistam agora, bem no momento que o governo começa a fazer apelos "emocionais".
Anônimo disse…
Alguem pode informar como anda o judicial?
Quando o Juiz vai julgar o caso ou se já julgou?

Quimica!
Anônimo disse…
A participação nas atividades coletivas só nos fortalece porque a determinação e o espírito de luta são contagiantes ,ficando em casa nos deprime e enfraquece.A informação que é dada nos movimentos é fundamental para nos instrumentalizar para luta,portanto vamos á luta companheiros precisamos vencer o imobilismo.Já estamos incomodando!
Anônimo disse…
Eu quero agradecer a todos os professores que estão na luta contra esses VAGABUNDOS que dizem estar ao lado dos professoresw e da educação. E agrader ao M.R.P. por tudo que eles (nós) estão fazendo pela educação.

Obrigado Marcelo;
Obrigado Antonísio (e família)
Obrigado a todos do M.R.P. (que somos nós)!
Anônimo disse…
Eu acho que podemos fazer uma cartilha mostrando para os professores que estão em estado probatório que eles tem os mesmos direitos que nós temos em relação
à greve pois muitoa não entram em greve por medo de perderem a nomeação!
Anônimo disse…
Vitória , vitória , vitória, mesmem que tardia!!!
Anônimo disse…
VAMOS FORMAR CIDADÃOS! então VAMOS à luta dentro das escolas contra sarney (isto mesmo, escrito em letras minúsculas) e todos os políticos que estão contra a EDCAÇão no Maranhão.
Anônimo disse…
Terça feirw é o dia D. Eu quero informar que, só volto à sala de aula, quando em asembléiaisto for determinado
Anônimo disse…
O LICEU ESTÁ VOLTANDO, SE ELE VOLTAR ACABA A GREVE!
Anônimo disse…
Minha mãe disse para mim um certo dia. Viva a vida! estou cumprindo o que minha mãe determinou. Estou vivendo a vida. ESTOU EM GREVE! e estou FELIZ!
Anônimo disse…
Agradeço a msg de apoio e confesso que me fortaleço ao ler cada msg de disposição pra luta que leio aqui e em nossa comunidade no orkut, percebo que parte da categoria demonstra muita consciencia naquilo que faz atualmente e isso só nos anima e nos dá mais disposição pra continuarmos com a luta.

Prof. Antonísio Furtado
Anônimo disse…
VOU DIZER DE NOVO...RETIREM ESSE POEMA...ELE TRANSMITE ENERGIA NEGATIVA...E O QUE NÓS QUEREMOS É UNIÃO PR COMBATER PELO MENOS O MAIS FRÁGIL DELES QUE ENTROU EM NOSSA CASA. JÁ PENSOU? ARRANCAR A VOZ DE NOSSA GARGANTA
E NÃO PODERMOS FAZER NADA E MUITO MENOS FALAR NADA?...RETIREM O POEMA..ELE É MUITO BONITO...MAS O PROFESSOR QUE LER PENSA QUE DESISTIMOS POR FRAQUEZA.
OBRIGADO!
Anônimo disse…
concordo! o poema é lindo mas não é apropriado para o momento!
Não estamos calados! Nem queremos! Estamos na rua gritando, exigindo nossos direitos!

Esse poema não tem nada haver conosco! Não gostei. Passa a sensação de
derrota...mas Deus é Pai! Com nossa luta havemos de obter a vitória!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Postagens mais visitadas deste blog

PERDAS SALARIAIS DOS PROFESSORES NO GOV. FLÁVIO DINO

GOV. FLÁVIO DINO DESCUMPRE LEIS e  APLICA NOVO CALOTE NOS EDUCADORES
Ao não conceder, em janeiro de 2018, o reajuste de 6,81% no vencimento dos integrantes do magistério da educação básica, mais uma vez o governador Flávio Dino insiste em descumprir a lei do PISO NACIONAL e o art. 32 do ESTATUTO DO MAGISTÉRIO. Por 3 anos consecutivos temos sido vitimados por uma política de profundo ARROCHO SALARIAL que tem como consequência a diminuição permanente do poder de compra dos educadores, comprometendo de forma direta a qualidade da educação pública e a dignidade dos trabalhadores. Em 2016, embora a lei garantisse um reajuste de 11,36% para os Professores, não foi concedido nenhum percentual de recomposição salarial. Em 2017, governo descumpre novamente a legislação, através de uma manobra parlamentar, aplica um pequeno reajuste em cima da GAM.  Em 2018, o governo reedita o calote e outra vez, agindo na ILEGALIDADE, não concede o reajuste na tabela de vencimentos dos educadores, em uma clara …

Gov Flávio Dino passa a perna nos professores, vende gato por lebre e chama isso de valorização

Quem vê a megacampanha midiática do governo Flávio Dino (PCdoB)  sobre a realidade salarial dos professores da rede estadual maranhense, nem de longe imagina o que de fato vem acontecendo com esses educadores.  Primeiro é preciso explicitar que o governador, apesar de ser professor, não teve pudor algum ao optar, em 2016, por descumprir as Leis do Piso e o Estatuto do Magistério e deixar toda a categoria de professores sem reajuste salarial algum. No ano seguinte, o avanço do governo sobre os direitos dos professores continuou. Numa manobra envolvendo sua base aliada no poder legislativo, o governador Flávio Dino (PCdoB) usa uma Medida Provisória para violar o Estatuto do Magistério, promove o desmonte da carreira ao extinguir 9 referências de um total de 19 existentes e realiza uma pequena elevação na Gratificação de Atividade do Magistério – GAM, de forma parcelada e progressiva, entretanto, manteve CONGELADO o piso salarial de todos os professores, com valores referentes ao ano de 2…

Governo Flávio Dino aplica novo GOLPE nos PROFESSORES

Companheir@, demonstraremos aqui, os prejuízos causados pela aprovação da  Medida Provisória nº 272/18. Ela modifica a estrutura da tabela de vencimentos que integra o Estatuto do Magistério e trata da concessão de reajustes diferenciados para os educadores:

 Prof. I - 10,47% - INTEGRAL  Prof. II - 6,81% - INTEGRAL  Prof. III- 6,81% - P A R C E L A D O
O governo do estado incorreu em ato ILEGAL ao violar o artigo 32 da Lei 9.860/13, e conceder percentuais de reajustes diferenciados para os integrantes do subgrupo  Magistério. Como se isso não bastasse, os valores dos vencimentos dos professores nas tabelas que acompanham a MP 272/18, foram definidos à revelia da tabela que acompanha o Estatuto do Magistério, desde sua aprovação em 2013. Governo e sinproesemma acharam que os professores não perceberiam a manobra matemática feita por eles. A ideia visa reduzir o volume de recursos financeiros do FUNDEB, que é usado para remunerar anualmente, os profissionais do magistério. 

Observe na imagem …